Com gol de Anselmo Ramón, Chapecoense quebra invencibilidade do CSA no Rei Pelé
Foto: Márcio Cunha/ACF

14 dias após se enfrentarem em jogo adiado pela segunda rodada, CSA e Chapecoense voltaram a se encontrar na noite desta terça-feira (10), desta vez no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol de Anselmo Ramón garantiu a vitória da Chape, que se consolidou na liderança e tem a melhor campanha como visitante. Já o Azulão de Mutange, perdeu a invencibilidade de seis jogos em casa, e somou a sua segunda derrota consecutiva.

Equilíbrio marca o primeiro tempo

Assim como fez na partida diante da Chapecoense na Arena Condá, o CSA repetiu a estratégia apostando na marcação alta, com pressão, o que dificultava a inicialização das jogadas do Verdão do Oeste.

O time Marujo teve mais posse de bola (54% a 46%) e aproveitou pata trabalhar a bola no campo ofensivo, mas não conseguia levar tanto perigo.

Na melhor chance do time da casa, aos 13 minutos, Rodrigo Pimpão arriscou da entrada da aérea e mandou a bola bem perto do gol.

Por outro lado, a Chapecoense também pouco ameaçou e precisou de 35 minutos para criar uma boa chance, desperdiçada por Anselmo Ramon, que chutou por cima do goleiro.

Anselmo Ramón decide

A Chape voltou do intervalo com mudança de posicionamento ofensivo, com Alan Rushel aberto pela esquerda e Paulinho Moccelin mais centralizado. Repetindo o posicionamento que deu certo diante da Ponte Preta e logo aos cinco minutos da etapa complementar, daria certo contra o CSA também.

Paulinho Moccelin recebeu na frente da área do Azulão de Mutange, deixando Anselmo Ramón na cara de Matheus Mendes e o atacante tocou bonito na saída do goleiro para colocar a Chape na frente, no Estádio Rei Pelé.

O Azulão respondeu aos 11 minutos, Geovane chutou de fora da área obrigando o goleiro João Ricardo a fazer a defesa.

Com a vantagem no placar, a Chape se fechou atrás e tentava explorar os contra-ataques, com Felipe Garcia, Matheus Ribeiro e Mike.

Já o técnico Mozart Santos até tentou melhorar o sistema ofensivo, mas a Chape controlou as ações, se segurou e saiu com os três pontos.

O que vem por ?

Com a vitória a Chape está ainda mais líder do que nunca na competição, com 44 pontos somados e manteve o seu retrospecto de melhor visitante. Já o Azulão, que vinha de vitórias como mandante, teve a sua sequência interrompida, segue na oitava posição, com 28 pontos.

As duas equipes terão um bom tempo antes de entrarem em campo. A Chapecoense visita o Sampaio Corrêa, na próxima sexta-feira (20), às 19h15(de Brasília), pela 22ª rodada da Série B. No sábado (21), o CSA visita o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 19h(de Brasília).

VAVEL Logo