Arnaldo Ribeiro compara idolatria de Ceni a de Raí e Muricy no São Paulo
Rogério Ceni foi comparado a Muricy Ramalho e Raí (São Paulo FC/Divulgação)

A oficialização de Rogério Ceni como novo treinador do Flamengo, nesta terça-feira (10), chocou a torcida do São Paulo. Na última segunda-feira (09), em live no canal mantido por eles no Youtube, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi afirmaram que, em uma eventual escada de ídolos, o M1TO, como é carinhosamente chamado pelos são-paulinos, desceu alguns degraus. Mais do que isso: ele foi comparado com outros dois tricolores históricos.

O primeiro nome comparado a Rogério Ceni em relação à idolatria foi Raí. Atual executivo de futebol, o ex-meia é muito criticado pelos torcedores por conta da atuação como dirigente - cargo onde está desde 2010. "O Raí, com todos os erros dele como dirigente (e ele errou demais, aqueles erros cruciais, como a saída do Aguirre), ele se colocou, pessoalmente, em uma puta roubada na questão da imagem. Em nenhum momento ele largou o São Paulo, nessa merda toda. Sendo um jogador com uma reputação vinte vezes maior que a do Rogério, inclusive internacional, sem comparação, ele só aceitou jogar no São Paulo. Ele pode ter errado quinhentas mil vezes, mas ele não virou as costas para o SPFC em nenhum momento", destacou Arnaldo.

Outro comparado a Rogério Ceni foi Muricy Ramalho, técnico do tricampeonato brasileiro de direito do tricolor entre 2006 e 2008. "O Muricy foi para o Palmeiras e para o Santos, mas depois de ter feito um trabalho no São Paulo. Foi chutado pelo São Paulo, com o Leco envolvido", finalizou Arnaldo Ribeiro

VAVEL Logo