Após vitória na Copa do Brasil e expulsão, Abel Ferreira se revolta com árbitro: "Prepotência e arrogância"
Foto: Cesar Grecco/Palmeiras

O técnico do Palmeiras, Abel Ferreira foi expulso na vitória por 3 a 0 diante do Ceará, na tarde desta quarta-feira (11), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Allianz Parque. O comandante Alviverde se irritou com o árbitro Bráulio da Silva Machado após a marcação de um pênalti a favor do Vozão, que após revisar o VAR anulou.

Em entrevista coletiva, após a partida, Abel se mostrou muito Irritado com a atitude do árbitro catarinense em expulsá-lo de forma direta.

"Antes de tudo, eu sou homem. Não falei uma palavra ao árbitro, nem contra o Bragantino, nem contra o Vasco, foi a primeira vez que falei com o árbitro hoje. (...) Sou religioso, quando estou na Igreja, fico calado, diante da minha posição, mas não estou na Igreja, estou no campo, por isso vou falar".

"Ao final do jogo, fui tentar falar com o árbitro na minha posição de homem, fui ver o que tinha feito para o cartão vermelho, sabendo que antes tem o cartão amarelo, mas ele não quis."

"Para mim, o pior foi eu ter a humildade de querer falar e ele recusar. É arragancia e prepotência. Antes, somos homens, e não gostei do comportamento", finalizou o treinador sobre o assunto, incomodado com a expulsão na terceira partida como comandante do Palmeiras.

O lance ocorreu nos minutos finais do confronto e tira Abel Ferreira do duelo da volta.

Com o triunfo, o Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença na próxima quarta-feira(18), às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza, para avançar à semifinal da Copa do Brasil.

A súmula do jogo, entretanto, diz outra coisa. Segundo o registro do árbitro Bráulio da Silva Machado, o assistente 1, Henrique Neu Ribeiro, ouviu Abel Ferreira xingar a arbitragem pela marcação do pênalti para o Ceará, que posteriormente acabou anulado após consulta no VAR.

Agora o Palmeiras volta as suas atenções ao Campeonato Brasileiro Série A, onde recebe o Fluminense, no Allianz Parque, às 21h30, no sábado (14), pela 21ª rodada.

VAVEL Logo