Athletico bate Santos, emplaca terceira vitória consecutiva e abre distância do rebaixamento
Foto: Geraldo Bubniak/Santos FC

Athletico Paranaense e Santos, se enfrentaram na noite deste sábado (21) na Arena da Baixada, pela 22ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. E com gol de Thiago Heleno, aos 31 minutos do segundo tempo, o Furacão derrotou o Peixe por 1 a 0 e embalou a sua quarta vitória consecutiva.

Estratégias

Paulo Autuori mandou a campo um Athletico no esquema 4-4-2, com: Santos no gol; Erick, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner na defesa; Léo Citadini, Weligton, Christian e Ronaldo no meio-campo; Nikão e Renato Kayzer no ataque.

Marcelo Fernandes começou a partida num 4-2-3-1 com: John Victor no gol; Pará, Laércio, Luiz Felipe e Wagner Leonardo na defesa; Ivonei e Vinícius Balieiro no meio; Arthur Gomes, Jobson e Lucas Braga no ataque; e Marcos Leonardo como centroavante. Mas no decorrer do primeiro tempo voltou ao 4-4-2, com Marcos Leonardo e Jobson à frente para pressionarem os zagueiros.

Pouca inspiração

O Athletico Paranaense ficou mais com a bola durante todo o primeiro tempo, mas não conseguia ser efetivo e criar chances de perigo. Com um time todo reserva do Santos, o time santista foi quem criou a sua melhor chance aos 13 minutos. Em uma linda jogada de Lucas Braga pelo meio, deixando Arthur Gomes na cara do goleiro Santos. O atacante santista bateu no alto, mas o goleiro do Furacão defendeu com a cabeça e mandou para escanteio.

Depois da chance perdida, o Peixe não conseguiu espaços para furar a defesa do Athlético, apesar de atuar com as linhas bem altas. Jobson, que se recuperou da Covid-19, não fez uma boa partida e não conseguia ajudar na marcação, que era a sua principal responsabilidade hoje. Por outro lado, o CAP seguia tendo mais posse de bola, e respondeu aos 27. Nikão lançou Fabinho na direita, nas costas da defesa. Ele cruzou rasteiro, mas Renato Kayzer chegou atrasado, dentro da pequena área, e só conseguiu raspar na bola, que passou por ele.

Virou rotina! Santos falha na bola aérea

O Santos voltou do intervalo, da mesma forma do primeiro tempo, criando muito pouco. Tanto que em números de finalizações o CAP tinha nove e o Alvinegro apenas duas.

E foi novamente em bola aérea, um dos problemas da equipe santista nesta temporada, que o Athletico aproveitou para sair na frente. Ravanelli cobrou escanteiona primeira trave e Thiago Heleno testou firme, no chão, e não deu chances ao goleiro John Victor.

Aos 22 minutos, Marcelo Fernandes promoveu a entrada de Marinho. O camisa 11 entrou no lugar de Marcos Leonardo, porém não ficou apenas centralizado na área, mas flutuou em todos os cantos defensivos. E o Alvinegro Praiano teve duas chances. A primeira, quando a bola quase escapou das mãos de Santos e bateu na trave. Na segunda, Arthur Gomes desviou de cabeça, na entrada da área, mas não conseguiu igualar.

Classificação e próximos jogos

Com o resultado, o Athletico foi a 28 pontos e subiu o nono lugar na tabela. O Santos, por sua vez, com os mesmos 34 pontos, ainda ocupa a sexta colocação. Agora as equipes voltam as suas atenções as oitavas de final da Taça Libertadores da América.

O Santos visita a LDU, na terça-feira (24), às 19h15 (horário de Brasília), pelo jogo de ida. No mesmo dia e horário, o Athetico Paranaense recebe o River Plate.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe recebe o Sport, no sábado (28), às 17h. Já o Furacão visita o Palmeiras, também no mesmo dia e horário.

VAVEL Logo