Golaço no fim dá vitória ao Goiás sobre esfacelado Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Contratado no início do mês pelo Palmeiras, o técnico Abel Ferreira conheceu no último sábado (21) a primeira derrota desde que assumiu o cargo. Desfalcado por surto de Covid-19, o time levou 1 a 0 do Goiás, lanterna do Brasileirão. Miguel Ferreira marcou nos acréscimos do segundo tempo um golaço para garantir a vitória esmeraldina na Serrinha.

Com apenas 13 jogadores do elenco profissional à disposição, Abel escalou um Palmeiras com três zagueiros (Emerson Santos, Renan e Gustavo Gómez, o único titular do trio). Ele recorreu à base para compor o banco e inclusive relacionou pela primeira vez atletas como o lateral Vanderlan e o atacante Fabrício. 

Já o Goiás também vive uma fase conturbada. O clube demitiu o técnico Enderson Moreira nesta semana e efetivou Augusto César, que estava no sub-20. Ele fez cinco mudanças na equipe titular, que com este resultado interrompeu um jejum de 11 jogos sem vencer no campeonato.

Logo no primeiro minuto de jogo, o Palmeiras deu trabalho ao goleiro Tadeu com duas finalizações de Luiz Adriano que só não se converteram em gol porque o camisa 1 do Goiás está em grande fase e, na última delas, deu um tapa que mandou a bola para escanteio.

A situação do time paulista, porém, complicou logo aos 38 minutos, quando o lateral Mayke acertou o tornozelo de Taylon e recebeu o cartão vermelho direto. Inicialmente o árbitro Bruno Arleu de Araújo deu o amarelo, mas foi alertado pelo VAR e ao revisar a falta expulsou o jogador do Palmeiras. Na sequência Shaylon quase abriu o placar após jogada individual de Keko, mas o chute saiu por cima do travessão.

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Marcelinho e Patrick de Paula também finalizaram pelo Palmeiras, mas o segundo tempo continuou amarrado, com poucas chances de gol, e então a única bola na rede saiu de um chute de longa distância de Miguel Ferreira. O jogador havia entrado no decorrer do segundo tempo e, nos acréscimos, costurou na entrada da área do Palmeiras e arriscou de canhota. O goleiro Weverton estava posicionado no meio do gol e se esticou todo, mas a bola entrou no ângulo direito.

Além dos jogadores contaminados pelo novo coronavírus e de titulares que estão no Departamento Médico, como Felipe Melo e Zé Rafael, o Palmeiras ganhou mais uma dor de cabeça: o atacante Luiz Adriano sentiu dores musculares e deixou o gramado de maca aos 25 minutos do primeiro tempo.

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Classificação e próximos jogos

A maratona do Palmeiras continua na quarta-feira (25), quando vai ao Equador encarar o Delfín pelas oitavas de final da Libertadores. O técnico Abel Ferreira aguarda pela recuperação dos jogadores para saber quem poderá viajar. Enquanto isso, o clube aguarda o complemento da rodada para saber se permanece em 5º lugar no Brasileirão.

Com 15 pontos em 20 jogos, o Goiás permanece na lanterna do Brasileirão porque venceu apenas três partidas até aqui e já perdeu 11 vezes, a pior campanha do campeonato (25% de aproveitamento). Na quinta-feira (26), o esmeraldino encara o Fortaleza na Arena Castelão.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo