Em assembleia geral, sócios do Santos decidem impeachment de José Carlos Peres
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Neste domingo (22), em assembleia geral, os sócios do Santos confirmaram, por ampla maioria,o impeachment de José Carlos Peres. Eleito em 2017, Peres foi afastado provisoriamente pelo Conselho Deliberativo no fim de setembro por "gestão temerária", atestada por pareceres do Conselho Fiscal e da Comissão de Inquérito e Sindicância.

A votação começou às 10h(de Brasília) e terminou às 18h. Durante o dia a Torcida Jovem do Santos, protestou e pediu a saída definitiva do mandatário. No entanto, José Carlos Peres não esteve no local, mas durante todo o processo ele sempre repetiu o discurso de "resistir contra o mal". O presidente em exercício, Orlando Rollo foi ao ginásio da Vila Belmiro para votar e falou com a imprensa.

"Hoje é um dia para comemorar. É a primeira vez que um presidente sofre impeachment. Temos que comemorar porque é um presidente que fez mal ao Santos. Porém, por outro lado é triste para a história do Santos. Mesmo alertando, ele não quis sair", comentou.

Peres termina seu mandato a 20 dias do fim. A eleição está marcada para o próximo dia 12 de dezembro, com seis candidatos: Andrés Rueda, Daniel Curi, Fernando Silva, Milton Teixeira Filho, Ricardo Agostinho Rodrigo Marino.

A gestão de José Carlos Peres foi marcada por polêmicas políticas. Logo no início de 2018, ele rachou com Orlando Rollo, e nunca teve bom relacionamento com o conselho.

Confira a nota oficial do Santos:

"Por 1.005 a 69 votos, o presidente do Comitê de Gestão, José Carlos Peres, teve seu impeachment aprovado na tarde de hoje. Quem assume automaticamente a presidência do Santos FC é Orlando Rollo que já estava em exercício.

No total 1.078 sócios exerceram seu direito de voto. Foram registrados ainda 2 votos brancos e 2 nulos.

A votação foi exclusiva aos associados do Santos e aconteceu na Vila Belmiro ao longo deste domingo."

​​​​​

VAVEL Logo