Leandro Zago elogia Marrony e destaca "força mental" do Atlético-MG para superar surto de Covid-19
Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético

A sequência de dois jogos sem vitória ficou em segundo plano para o técnico Leandro Zago, que comanda o Atlético-MG no Brasileirão enquanto o técnico Jorge Sampaoli recupera-se da Covid-19.

O argentino encabeça a lista de nomes que testaram positivo no elenco alvinegro. Além dele e seus auxiliares, dez jogadores foram infectados e estão isolados. São eles: Alan Franco, Allan, Eduardo Vargas, Everson, Gabriel, Guga, Jair, Réver, Sávio e Victor. 

"Estamos com o grupo reduzido em função dos casos de contaminação, mas temos algumas alternativas. Estamos mais voltados para o jogo, eles têm consciência da responsabilidade, a melhor forma de representar quem não pode estar aqui é fazer nosso melhor. O grupo não conseguiria ficar na liderança de um campeonato tão difícil como o Brasileiro se não tivesse uma força mental e capacidade de superar desafio que esse grupo tem mostrado", afirmou Leandro Zago na coletiva após o empate na Arena Castelão.

O time volta a campo na quarta-feira (25) para enfrentar o Botafogo pelo Brasileirão e uma das novidades na equipe pode ser o atacante Marrony. "Tivemos um bom poder de reação e quem entrou conseguiu mudar a cara do jogo. O Marrony gerou muito perigo para a linha do Ceará, atacando as costas da defesa".

Marrony marcou cinco gols em 26 jogos pelo Atlético-MG (Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético)
Marrony marcou cinco gols em 26 jogos pelo Atlético-MG (Foto: Pedro Souza / Agência Galo / Atlético)

Um gol de bicicleta de Sasha colocou o Atlético-MG na frente do placar, mas no segundo tempo o Ceará reagiu com gols de Lima e Felipe Vizeu. Minutos mais tarde, Dylan Borrero foi expulso por acertar o rosto de Léo Chú. A derrota manteria o time atrás do Flamengo, mas um pênalti cobrado por Keno deu números finais a partida e devolveu a liderança do Brasileirão para os mineiros. 

"Eles estavam se mobilizando, quando sofremos o segundo gol nos preocupamos em não cair o ritmo, a questão emocional, mas eles mostraram muita força. Conseguimos reverter um cenário totalmente negativo naquele momento com virada e expulsão, e acabamos com a sensação de que com um pouquinho mais de ajuste a gente poderia ter saído com a vitória",  completou o técnico.

O Botafogo é um dos seis clubes que conseguiram ganhar do Atlético-MG no primeiro turno. O reencontro está marcado para quarta-feira (25), às 19h30 (de Brasília), no Mineirão. O alvinegro carioca enfrenta uma crise, está na zona de rebaixamento, e ainda adapta-se ao estilo de jogo do recém-chegado técnico Ramón Díaz, que deve estrear no banco de reservas justamente neste jogo em BH.

VAVEL Logo