Time do Bahia comemora "resultado maravilhoso" após sofrer pressão do Unión na Sul-Americana
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Dois duelos entre brasileiros e argentinos movimentam as oitavas de final da Copa Sul-Americana, sendo um deles entre Bahia Unión Santa Fe. O tricolor saiu na frente com gol de Gilberto na última terça-feira (24) em Salvador. Os times voltam a se enfrentar na próxima semana na Argentina e o tricolor joga pelo empate.

Além de Gilberto, outro destaque do Bahia foi o goleiro Douglas, que fez nove defesas ao longo dos noventa minutos. Apesar de jogar fora de casa, o Unión Santa Fe finalizou 21 vezes contra apenas 11 do rival.

"O resultado foi maravilhoso, mas nossa apresentação poderia ter sido melhor. Isso é normal, a gente tem autocrítica, mas qualifico muito pelo que os atletas têm feito e pelas mudanças que o adversário fez e nos exigiu um desgaste maior. Construímos uma vantagem muito boa contra uma equipe qualificada. Estamos confiantes em ir pra Argentina assim, até porque o regulamento é favorável a quem não toma gol em casa, então se conseguirmos ter mais posse de bola e transitar melhor, com certeza a qualidade dos nossos atletas pode se sobressair no jogo de volta", analisou o auxiliar Cláudio Prates, que comandou o Bahia nesta partida.

"Jogadores não são máquinas" 

Horas antes da bola rolar, o Bahia informou que o goleiro Mateus Claus, o técnico Mano Menezes e os auxiliares Sidnei Lobo e James Freitas testaram positivo para a Covid-19. Sendo assim, coube ao ex-atacante ficar no banco de reservas para orientar a equipe.

"A gente vem numa sequência de jogos que sofremos muito jogando fora e sabemos que haveria essa dificuldade em função da qualidade do adversário e da maratona de jogos, Era provável que eles tivessem principalmente danos físicos. Eles não são máquinas, se dedicaram ao máximo, até bem mais do que poderiam fazer no aspecto físico", acrescentou Cláudio Prates.

Autor do gol, Gilberto também mostrou que está confiante na classificação. "Não podemos desvalorizar nosso adversário, mas o mais importante é fazer um jogo contundente na volta porque sabemos do que somos capazes de produzir. Dentro de campo percebi que eles não chegaram a comemorar, mas se incentivaram bastante por ter saído com a derrota só de 1 a 0. Isso mostra que vão querer fazer um jogo forte e temos que estar preparados para isso".

Próximos jogos

A decisão de quem avança para as quartas de final será na terça-feira (1º) na Argentina. Só a vitória interessa ao Unión Santa Fe, que precisa ganhar por dois gols de diferença para avançar durante os noventa minutos. Se o time argentino vencer por 1 a 0 haverá disputa de pênaltis.

Antes de se enfrentarem para saber quem vai para as quartas de final da Copa Sul-Americana, os times entram em campo pelas competições nacionais. No sábado (28), o tricolor recebe o São Paulo pelo Brasileirão, mesmo dia em que o Unión Santa Fe pega o Racing pelo Campeonato Argentino.

Além do Bahia, outro representante brasileiro na Copa Sul-Americana é o Vasco, que nesta quinta-feira (26) terá pela frente o Defensa y Justicia.

VAVEL Logo