Grêmio vai ao Paraguai enfrentar Guaraní pelas oitavas da Libertadores
Divulgação/GFBPA

Guaraní e Grêmio se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h30 no Estádio Defensores del Chaco em duelo de ida válido pelas oitavas-de-final da Libertadores. O Tricolor gaúcho, busca repetir o desempenho das últimas edições, em que teve sucesso nesta etapa do torneio.

Na última conquista gremista em Libertadores, no ano de 2017, o Guaraní esteve no caminho do time que já era comandado por Renato Portaluppi. Em jogos pela fase de grupos, goleada do Grêmio na Arena por 4 a 1 e empate em Assunção em um gol.

  • Grêmio evita falar em favoritismo

Por ter passado na liderança de sua chave, o Grêmio tem a vantagem de decidir em casa, entretanto, o grupo de jogadores minimiza este fato.

O goleiro Vanderlei conversou com a imprensa sobre o confronto desta quinta-feira: "A gente vê pela história do Grêmio nos últimos anos, vem chegando forte na Libertadores, com semifinais, mas dentro de campo é totalmente diferente. O Guaraní não tem pontuação tão boa no Paraguaio, mas começou agora também. É uma equipe muito forte, passou por todas as fases preliminares e pegou uma chave difícil. Vi o jogo com o Palmeiras, empataram em 0 a 0 e impuseram dificuldades." comentou o arqueiro gremista.

Para este jogo, o tricolor não contará com Kannemann, suspenso. Com isso a provável escalação é: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, David Braz (Rodrigues) e Cortez; Darlan, Matheus Henrique, Luiz Fernando, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi

  • Time paraguaio aposta no bom retrospecto contra brasileiros

Tendo eliminado o Corinthians na fase pré-grupos e empatado com o Palmeiras em um dos confrontos desta Libertadores, a equipe aurinegra se mostra eficaz quando duela com times do nosso país. Na partida desta quinta, o técnico Gustavo Costas ainda não sabe se poderá contar com Bombadilla e Benitez lesionados que serão avaliados momentos antes do jogo.

Provável escalação: Servio; Ramirez, Romaña, Garcia e Guillermo Benítez (Ángel Benítez); Rodney Redes, Jorge Morel, Rodrigo Fernandez e José Florentin; Batista Merlini e Raul Bombadilla (Fabián Fernandez). Técnico: Gustavo Costas

VAVEL Logo