Ramires "cisne" e Zé Rafael na Seleção: Abel Ferreira exalta jogadores após vitória fora de casa na Libertadores
Abel Ferreira após Delfín 1 a 3 Palmeiras (CONMEBOL/Divulgação)

Nesta quarta-feira (25), o Palmeiras, praticamente, garantiu a vaga às quartas de final da Copa Libertadores da América 2020. Ao vencer por 3 a 1 o Delfín, no Jocay, o Verdão pode perder por até um gol de diferença para conseguir a classificação.

A atuação da equipe foi muito elogiada por Abel Ferreira, técnico palestrino, na entrevista coletiva pós-jogo na cidade equatoriana de Manta. 

Para o treinador, a atuação começou no último sábado. "Temos que ser equilibrados. Quando ganha, não está tudo bem feito, quando perdemos, não está tudo mal feito. O futebol é cheio de surpresas. Foi um jogo que tudo correu bem, os jogadores entraram focados para ter um bom rendimento coletivo e individual".

"No final do jogo fomos premiados com um bom resultado. Essa vitória começou na derrota para o Goiás. Às vezes jogamos bem, mas o resultado não vem. Contra o Goiás não merecíamos ter perdido, mas os jogadores foram inteligentes e souberam sofrer, para dar a resposta hoje contra o Delfín. Ainda falta a segunda parte, sempre alerta", destacou Abel Ferreira.

Atuações individuais

Ferreira também aproveitou para destacar alguns atletas em especial. O primeiro deles foi Ramires. Muito criticado pela torcida, o jogador, na visão do técnico, dará a volta por cima. "Conhecem a história do patinho feio que se tornou cisne? Hoje para mim houve um jogador chave, que fez um trabalho de formiguinha. O Ramires fez um jogo extraordinário, defendeu o jogo mais direto. Ramires foi o nosso patinho feio, que vai virar cisne", afirmou o comandante.

Outro destacado na entrevista coletiva foi Zé Rafael. Para Abel, o ele tem chances de chegar à equipe comandada hoje por Tite. "Eu sei que vocês gostam de fazer perguntas individuais, não estou habituado. Mas sim, tem. É um treinador dentro de campo, ele entende o jogo. Nos três jogos que eu fiz, as condições que pedi para ele era mais de equilíbrio. Hoje pedi para ele jogar mais adiantado e acabou fazendo gol. É um jogador que tem tudo para ser uma referência no Palmeiras e, se derem oportunidade, ir para a Seleção", finalizou.

VAVEL Logo