Cheio de baixas, Vasco encara Defensa y Justicia na Argentina pela Sul-Americana
Foto: Rafael Ribeiro/CR Vasco da Gama

As oitavas de final da Copa Sul-Americana 2020 começam, para o Vasco da Gama, nesta quinta-feira (26). Às 21h30 (Horário de Brasília), no Alberto Tomaghello, a equipe enfrenta o Defensa y Justicia.

O jogo confronta duas equipes em situações diferentes na tabela. O Vasco não perde há três jogos, somando dois empates e uma vitória no período. Por outro lado, o Defensa y Justicia não vence há cinco cotejos - três empates e duas derrotas na sequência.

Prioridade

Clube de Florencio Varela, cidade na parte sul da Grande Buenos Aires, o Defensa y Justicia está de corpo e alma na Copa Sul-Americana. Prova disso foi o fato de Hernán Crespo, histórico atacante argentino e atualmente técnico da equipe, ter poupado atletas no último jogo - na derrota por 2 a 0 para o Colón, válido pela Copa da Superliga Argentina 2020/2021, David Martínez, Marcelo Benítez, Braian Romero e Francisco Pizzini não atuaram. 

Na Copa Libertadores da América 2020, o Defensa y Justicia foi o terceiro colocado no Grupo G, atrás de Santos e Delfín e à frente do Olimpia. Na segunda fase, a equipe eliminou o Sportivo Luqueño. Na Copa da Superliga Argentina, o Halcón é o lanterna do Grupo 2, atrás de Colón, Independiente e Central Córdoba. 

Provável escalação: Ezequiel Unsain; Adonis Frias, Juan Gabriel Rodríguez e David Martínez; Nelson Acevedo, Raul Loaiza, Ciro Rius, Marcelo Benítez, Washington Camacho (Eugenio Isnaldo), Francisco Pizzini; Braian Romero. Técnico: Hernán Crespo

Em evolução

Se segue na luta para se afastar da zona de rebaixamento no Brasileirão 2020, o Vasco da Gama mostra força na briga. Sem perder há três jogos e sendo superado apenas uma vez nos últimos sete cotejos, a equipe de Ricardo Sá Pinto volta suas atenções para a competição continental - que, além da premiação em dinheiro, concede uma vaga à próxima edição da Libertadores.

Disputando a Copa Sul-Americana 2020 desde o começo do certame, o Vasco eliminou o Oriente Petrolero e o Caracas antes das oitavas de final. Para seguir, entretanto, o caminho será longo. São, ao todo, onze desfalques por conta do coronavírus: Fernando Miguel, Werley, Ulisses, Tiago Reis, Martín Benítez, Talles Magno, Jadson, Ribamar, Fellipe Bastos e Alexandre Fintelman. Além deles, Ricardo Sá Pinto, técnico cruzmaltino, também testou positivo: Alexandre Grasseli, auxiliar do clube, será o comandante da equipe.

Após o empate contra o São Paulo, no Morumbi, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020, o próprio técnico português falou sobre a partida. "Estamos concentrados neste jogo. Ontem vi um jogo deles, o penúltimo, quando empataram em casa. É uma equipe que joga no 3-5-2. É uma equipe que não vem de bons resultados no campeonato deles, mas é uma competição diferente e as equipes se motivam, vai ser um jogo difícil. Tem dois atacantes rápidos na frente, laterais que aprofundam, chegam bem nos corredores. Teremos que ter muito cuidado. Hoje ainda vou ver um segundo jogo para começar a preparar para quinta-feira estarmos à altura", afirmou.

Provável equipe: Lucão, Léo Mattos, Leandro Castán, Miranda, Marcelo Alves e Neto Borges; Marcos Júnior, Léo Gil, Carlinhos (Vinicius); Gustavo Torres e Germán Cano. Técnico: Alexandre Grasselli

Arbitragem

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

Assistentes: Carlos Barrero (URU) e Martín Soppi (URU)

VAR: Jhon Ospina (COL)

VAVEL Logo