Sem ideias, Avaí cai em casa para lanterna Oeste e se afasta da briga pelo G-4
Foto:  R. Pierre/AGIF

Em nova alteração frustrante, o Avaí perdeu de forma contundente na Ressacada para o lanterna Oeste e perdeu nova chance de encostar no G-4 da Série B. Após vencer três em sequência, o Leão perdeu a segunda seguida e pode terminar a rodada a sete pontos do grupo de acesso. Com atuação consistente, o Rubrão conquistou a vitória por 3 a 0 graças aos gols de Fábio e Pedrinho (duas vezes).

Oeste toma iniciativa, mas Avaí assusta mais

Mesmo jogando em casa e diante de um adversário teoricamente mais fraco, o Avaí não foi capaz de propor jogo no primeiro tempo. O Oeste de Roberto Cavalo, por outro lado, foi muito mais paciente para trocar passes e teve a iniciativa na primeira etapa.

O Rubrão terminou a primeira etapa com 61% de posse de bola e conseguiu, principalmente na metade inicial, executar bem a estratégia. Léo Ceará foi importante na articulação do time, que explorou principalmente o lado esquerdo, em conexões com Bruno Lopes e Salomão.

A melhor chance dos paulistas foi aos 18. Em ultrapassagem pela esquerda, Salomão cruzou para trás e Pedrinho finalizou bem, mas parou em Gledson. Enquanto o Oeste tentava criar chances através da troca de passes, o Avaí só assustou em jogadas fortuitas.

Apesar de pouco criativo, o Leão terminou o primeiro tempo com mais finalizações. Aos 21, após virada de Rodrigão, Rômulo arriscou chute rasteiro de longe, para defesa fácil de Caíque França. Outra boa chance foi aos 33, quando Alemão bateu lateral para a área e Getúlio saiu de frente para o goleiro, que salvou finalização cara a cara. Já nos acréscimos, em cobrança de falta lateral de João Lucas, Alan Costa também fez o goleiro trabalhar.

No geral, o Avaí apostou na maioria do tempo em bolas longas e terminou o primeiro tempo com apenas 56% de acerto de passe. Rodrigão, primeira vez como titular, foi pouco acionado e chegou a reclamar da estratégia com o técnico Geninho, que comandou o time pela primeira vez desde que contraiu a Covid-19. Apesar da melhor postura dos visitantes, porém, o primeiro tempo terminou sem gols.

Oeste expõe defesa do Avaí e vence de forma contundente

A postura do Oeste foi recompensada logo no início da segunda etapa. Aos dois, após cruzamento de Salomão, Gledson saiu mal e Fábio apareceu na segunda trave para completar de cabeça para gol aberto.

O Avaí passou a ter uma postura mais ofensiva, mas ainda sem muita qualidade no meio-campo, porém deixou muitos espaços atrás. Bruno Lopes quase ampliou aos dez e, quatro minutos depois, o Rubrão ampliou. Depois de saída errada do Avaí, Pedrinho acelerou pela esquerda, saiu na cara do goleiro e tocou de cobertura para ampliar na Ressacada.

O segundo gol abalou o Avaí, que continuou com os problemas na frente e ainda deixava cada vez mais espaços. O Leão quase descontou aos 27, quando Rômulo pegou rebote na entrada da área e carimbou o travessão. No contra-ataque, porém, o Oeste matou. Léo Ceará abriu na direita, Bruno Lopes cruzou e Pedrinho, livre nas costas de Alemão, fez 3 a 0.

Daí para frente, o Avaí tentou de formas aleatórias o gol, mas, apesar das alterações, chegou pouco além de cobranças de bola parada de Valdívia e perdeu a 11ª partida no campeonato, se tornando a segunda pior defesa da Série B. Já o Oeste venceu apenas pela terceira vez na competição.

Classificação e próximos resultados

Com 36 pontos, o Avaí é o sétimo colocado, quatro pontos atrás do G-4, mas Sampaio Corrêa, Juventude e Cuiabá ainda jogam na rodada e podem ir a 43. Enquanto isso, o Oeste soma 15, na última colocação, ainda 13 atrás do Cruzeiro, primeiro time fora do Z-4.

O Avaí já volta a campo na quinta-feira (3) diante do Operário, em Ponta Grossa, às 21h30. Já o Oeste joga em casa na sexta-feira (4) contra o Guarani, às 16h.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo