Loucuras de uma paixão: Série C define classificados e rebaixados neste fim de semana
Foto: Rafael Melo / Santa Cruz

O Campeonato Brasileiro da Série C é uma competição de tiro curto e bastante equilibrada, cheia de paixão e geralmente quase todas as equipes que disputam esse campeonato chegam na última rodada brigando para se classificar para próxima fase ou para não ser rebaixado à Série D do Brasileirão.

O formato da competição é feito com 20 equipes divididas em dois grupos de 10 times. No Grupo A, estão as equipes do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, enquanto os times do Sul e do Sudeste estão no Grupo B. Todos os clubes de cada grupo se enfrentam em turno e returno. Os quatro melhores colocados de cada grupo se classificam para a próxima fase e as duas ultimas equipes de cada grupo são rebaixadas à Série D.

Até a temporada anterior, a segunda fase da Série C era um mata-mata de quartas de finais, em confrontos dos classificados do Grupo A contra os classificados do Grupo B, no qual as equipes que conseguissem avançar para a fase semifinal já garantiriam o acesso à Série B e, uma vez conquistado o acesso, as quatro equipes brigavam apenas pelo título na continuação do mata-mata. 

Em 2020 a regra para a segunda fase mudou. Em vez de ser mata-mata, serão dois quadrangulares. O primeiro e o terceiro colocados do Grupo A farão o quadrangular com o segundo e quarto lugares do Grupo B, enquanto o primeiro e terceiro lugares do Grupo B formará o outro quadrangular com o segundo e quarto colocados do Grupo A. Os dois melhores de cada quadrangular conquistam o acesso e os dois primeiros colocados fazem a grande final. 

No próximo sábado (5) teremos a última rodada da equilibrada fase de grupos e emoção não irá faltar nas duas chaves. Veja abaixo o panorama.

Grupo A

O Grupo A é composto por Botafogo da Paraíba, Ferroviário, Imperatriz, Jacuipense, Manaus, Paysandu, Clube do Remo, Santa Cruz, Treze e Vila Nova.

Esse grupo é uma grande Copa Norte-Nordeste com a inclusão do Vila Nova-GO para poder completar os dez.  Equipes de grandes torcidas e que se fossem melhor administradas poderiam até estar em divisões superiores do futebol brasileiro. Como não estão, são destaques na Série C, vista com um olhar diferente hoje em dia.

Santa Cruz e Ferroviário se enfrentam na última rodada sem pressão alguma no Arruda, já que o Santa, uma das estrelas da competição garantiu sua classificação e a liderança do grupo. Já o Ferroviário, terceira força do futebol do Ceará, perdeu as pernas nas últimas rodadas e não tem mais projeções nesta temporada, com vaga garantida na Terceirona de 2021.

A dupla Remo e Paysandu fazem o clássico mais disputado do mundo no Mangueirão, o Re-Pa. Ambas as equipes vão ao duelo tranquilas, pois já conquistaram suas classificações na penúltima rodada. Leão e Papão fazem um campeonato à parte e dão um toque especial ao campeonato. Só quem conhece de perto sabe a força do clássico rei da Amazônia.

Imperatriz e Manaus se despendem da temporada de forma frustrante. O Imperatriz já está rebaixado, soma apenas um ponto no campeonato, marcado por crises internas, saída de jogadores, time sem condições financeiras e goleadas sofridas consecutivamente. Já o Manaus, calouro da Série C, brigou até a penúltima rodada, quando foi derrotado pelo Remo e deu adeus ao sonho da próxima fase.

O Vila Nova, clube de maior torcida do Centro-Oeste, recebe o Jacuipense. De um lado, o Tigre está classificado e o Leão do Sisal apenas cumpre tabela.

Botafogo-PB e Treze vão decidir quem fica e quem cai neste sábado. O futebol paraibano não vive seu melhor momento, entretanto será um clássico de muitas emoções porque só um ficará na Série C. Em caso de empate, o Belo garante a permanência. Ao Galo da Borborema, resta apenas vencer. Clássico Tradição com promessa de muita tensão e nervosismo.

Todas as cinco partidas derradeiras do Grupo A tem início programado às 17 horas deste sábado (5).

Standings provided by SofaScore LiveScore

Grupo B

O Grupo B é composto por Boa Esporte, Brusque, Criciúma, Ituano, Londrina, São Bento, São José, Tombense, Volta Redonda e Ypiranga. A chave se assemelha aos antigos torneios Rio-São Paulo e Copa Sul-Minas, existentes até 2002. Equipes de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo compõem o grupo. 

Do primeiro ao quinto colocados, tudo pode acontecer nesta chave. Londrina, Ypiranga e Brusque estão com 28 pontos, Ituano e Tombense tem 26, só que apenas quatro se classificam. Com isso, uma equipe será eliminada. Ainda, não há confronto direto entre os postulantes ao quadrangular.

O Ypiranga recebe o São José em duelo gaúcho no Estádio Colosso da Lagoa. A equipe de Erechim precisa vencer para selar sua classificação, mas o empate é bom pra ambas as equipes, pois o São José ainda não escapou do risco do rebaixamento. 

São Bento e Ituano brigam por posições diferentes na tabela. O Ituano precisa vencer para se classificar para a próxima fase, já o São Bento não pode nem empatar, pois caso conquista apenas um ponto, estará rebaixado à Série D. Confronto paulista promete muitas emoções.

Pelos critérios de desempate, o Tombense ocupa a quinta colocação no Grupo B. Entretanto, tem o jogo mais "fácil" teoricamente, uma vez que enfrenta o Boa Esporte, matematicamente rebaixado. É provável acreditar que a equipe de Tombos alcance o quadrangular.

O Londrina lidera com 28 pontos, mas, em caso de empate com o Volta Redonda no interior fluminense, poderá sair do G-4 a depender dos outros resultados da chave. O Voltaço não aspira mais nada no campeonato, não pode cair e nem se classificar, mas conseguiu um placar estrondoso contra o Brusque em Santa Catarina por 8 a 1 no último fim de semana. A equipe do Rio encerra a temporada com a impressão final positiva.

No confronto catarinense, Criciúma e Brusque têm muita coisa em jogo. A equipe carvoeira tem chances de rebaixamento e depende apenas de suas forças para não depender de outros resultados e evitar uma segunda queda seguida. Por outro lado, o atual campeão da Série D disparou na tabela, mas começou a cair de rendimento, não vence desde a segunda quinzena de outubro e sofreu o 8 a 1 do Volta Redonda em seus domínios. Caso volte a vencer, garante a classificação. A salvação do Criciúma poderá ser a frustração do Brusque, mas a classificação do Brusque poderá significar um cenário trágico ao Criciúma.

Ao contrário do Grupo A, todas as cinco partidas têm alguma importância e todas serão disputadas também neste sábado (5), às 19 horas. Será uma maratona de Série C. Grupo A decidido, Grupo B virá em sequência também para encerramento da fase derradeira.

Standings provided by SofaScore LiveScore

 

VAVEL Logo