Comissão
técnica elogia América-MG após vitória diante do CSA: “Feliz
com desempenho”
Foto: Divulgação/América-MG

Após o polêmico clássico diante do Cruzeiro, no qual o América-MG amargou derrota por 2 a 1 e o técnico Lisca foi expulso por causa de reclamações com a arbitragem, o Coelho virou a página e encarou o CSA neste sábado (5), no Estádio Rei Pelé, em confronto válido pela 26ª rodada do Brasileirão Série B. Ademir marcou o único gol da vitória mineira por 1 a 0.

Em entrevista pós-jogo, os auxiliares Cauan de Almeida e Márcio Hahn elogiaram o desempenho do América-MG no confronto: “Fizeram [jogadores] um jogo consistente dentro do nosso plano de jogo, da nossa proposta, principalmente depois do jogo passado, a gente conseguiu reagir bem no jogo, mentalmente fomos muito fortes, muito capacitados. A gente sabia da dificuldade que ia encontrar aqui, então dentro desse sentido, elogiar o grupo, elogiar a comissão técnica, elogiar a todos que participaram de forma integrada nesse grande resultado, que vai ser importante para a sequência do nosso campeonato”.

“O primeiro tempo, a gente teve um domínio dentro do nosso modelo de jogo mais eficaz, mas o segundo tempo a gente também teve que alterar um pouco a estratégia de jogo devido ao desgaste, devido ao campo, devido à estratégia do adversário também, a mudança para três zagueiros, então alteramos a estratégia e o plano de jogo. Mas a gente conseguiu ser bem eficiente também, eles não criaram chances claras; muito pelo contrário, a gente que criou as melhores chances no segundo tempo, então a gente tá muito feliz com o desempenho do grupo”, complementou Cauan.

Por fim, questionado sobre a característica de pressão alta do time mineiro, Cauan respondeu que é peça-chave da equipe e é bem planejada pela comissão técnica para colocar em prática nos jogos.

“O modelo nosso de jogo já tem essa situação de pressão alta bem eficiente, bem planejada, o Lisca é um cara que cobra bastante essa questão da pressão na bola, de fechar bem os espaços, então dentro do nosso modelo, isso é uma situação bem encaixada, os adversários conhecem também essa pressão, que não é desconhecida. A gente tem que elogiar, porque os atletas necessitam correr bastante com esse tipo de pressão, então o mérito é sempre deles e a gente tá feliz mais uma vez com a atuação deles e de todos da comissão”.

Com a vitória, o América-MG retornou à vice-liderança e soma 47 pontos, quatro atrás da líder Chapecoense. Na próxima rodada, o Coelho recebe o Sampaio Corrêa na terça-feira (8), às 19h15.

VAVEL Logo