Após lutar contra Covid, Roberto desencanta na Série B e sonha com título da Chapecoense
Foto: Márcio Cunha/ACF

Líder da Série B, a Chapecoense engatou mais uma vitória nesta terça-feira (8), quando superou o Avaí por 2 a 0 em Florianópolis. Paulinho Moccelin e Roberto balançaram as redes.

"Vamos viver jogo a jogo, não deixar a ansiedade atrapalhar a gente. Nosso grupo não tem estrela, mas somos unidos, e assim vamos seguir em busca do primeiro objetivo que é o acesso e depois começar a brigar pelo título", comemorou o atacante Roberto, autor do segundo gol.

Roberto é um dos jogadores que mais sofreu quando foi infectado com a Covid-19. Em julho, durante a disputa do Campeonato Catarinense, o clube conviveu com um surto que atingiu 14 jogadores. O atacante sentiu falta de ar, tosse e chegou a ser hospitalizado. Na ocasião, segundo a Chapecoense ele foi medicado e recebeu suplementação de oxigênio. 

"Quem me conhece sabe o que eu vinha passando, então só tenho que agradecer a Deus e a todos da minha família", completou Roberto, de 29 anos.

O que vem por aí

Nos próximos dias a Chapecoense realiza duas partidas na Arena Condá, contra CRB no sábado (12) e Náutico na quarta-feira (16).

Neste momento a equipe do técnico Umberto Louzer soma 54 pontos, quatro a mais do que o vice-líder América-MG. Sampaio Corrêa e Cuiabá completam o G-4.

VAVEL Logo