Claudinei Oliveira valoriza postura do Avaí, mas ressalta: "Temos que seguir nessa pegada"
Foto: Divulgação/Avai

O Avaí voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O time catarinense voltou a campo nesta sexta-feira (11), diante da Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, sob o comando do técnico Claudinei Oliveira e venceu por 2 a 1, em partida válida pela 28ª rodada da Série B.

O treinador, que chegou recentemente e nem teve tempo para trabalhar com a sua equipe, ficou satisfeito pela postura adotada pelo elenco, e reconheceu que há muita coisa para ajustar ainda.

"Temos que trabalhar e tem muita coisa para fazer. A vitória é dos jogadores. Agradeço a eles pelo empenho. Temos que seguir nessa mesma pegada na competição", destacou.

Claudinei foi apresentado na quarta-feira (9), e teve apenas um dia para treinar e no dia seguinte comandar o Leão da Ilha, em Campinas. Mesmo sabendo de todas as dificuldades da equipe, teve estrela.

"Os jogadores tinham atuado na terça-feira e sabia que não poderia trabalhar muito. Fracionamos o jogo(no treino), não trabalhamos transição, mas vimos como a Ponte Preta marcava a saída e como saia jogando. Exploramos isso. Organizamos a marcação. Explorar duas ou três ações. Finalmente o treino com drone e passamos na palestra pré-jogo aos atletas", disse.

O treinador também falou sobre a volta dos jogadores afastados pela confusão na boate, no último domingo.

"Eles foram punidos e me foi passado que eles poderiam voltar a jogar. Podemos punir os atletas, mas não podemos punir o Avaí. Foi cobrado deles. A trouxe 19 jogadores. Não tinha sentido viajar com menos, se fosse assim eu puniria o Avaí. Os atletas sofreram as consequências administrativamente. Por isso minha opção. O Ronaldo, por exemplo, entrou bem e tem participação no segundo gol. Tivemos esse entendimento, eles sabem que é preciso momento para tudo", completou.

Com a vitória, o Leão da Ilha foi aos 40 pontos e subiu para a sétima posição. Na próxima terça-feira (15), o Avaí visita o Sampaio Corrêa, no Castelão, às 19h15 (de Brasília).

VAVEL Logo