Para quebrar sequência ruim, Internacional e Botafogo se enfrentam no Sul
Beira-Rio, sede de Internacional x Botafogo (Foto: Divulgação / SC Internacional)

Internacional e Botafogo se enfrentam neste sábado (12) buscando a reabilitação no Campeonato Brasileiro. No Beira-Rio, as duas equipes tentam voltar a vencer no torneio após longas sequências de vitórias no encontro válido pela 25ª jornada do torneio.

Após a saída de Eduardo Coudet, o Internacional não conseguiu vencer no Brasileirão. Mais do que isso: a equipe foi eliminada da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América, competições que também disputava. O Botafogo também soma sequência negativa no certame - e, pior, está na zona de rebaixamento do torneio.

Querendo a recuperação

Mesmo bem colocado na tabela, o Internacional não vence há sete rodadas no Brasileirão 2020. A equipe gaúcha, atualmente, está no sexto lugar do torneio, somando 38 pontos. O Colorado está a dois pontos do arquirrival Grêmio, quarto colocado - e última equipe que se classifica direto para a fase de grupos da Copa Libertadores da América 2020. Mesmo tendo vencido a última partida jogada (em plena Bombonera, contra o Boca Juniors, na principal competição continental da América do Sul), o clima não é dos melhores: o clube foi eliminado nos pênaltis - mesmíssima situação vivida pelo Inter na Copa do Brasil, ante o América-MG.

São, ao todo, oito desfalques do Inter para a peleja: Renzo Saravia, Johnny, Gabriel Boschilia e Paolo Guerrero estão machucados, Damián Musto está suspenso e Pedro Henrique, Bruno Praxedes e Maurício estão a serviço da Seleção Sub-20.

Após a eliminação na Copa Libertadores da América 2020, Abel Braga falou sobre os resultados complicados que está conseguindo até aqui. "Acho que fica, óbvio, uma frustração. Não estamos contentes, satisfeitos, pelo final, o ocorrido. Não pela forma que encaramos. Meu goleiro não teve uma defesa difícil. Nos dá uma possibilidade boa. É claro que lamentamos muito. São dois jogos com vitória, na Copa do Brasil e agora com o Boca, que saímos nos pênaltis. É muito doloroso. O Boca só tinha sofrido um gol. Somos uma equipe muito realista, mas não deixa ter um certo ponto de tristeza. Merecíamos uma sorte melhor", destacou.

Reabilitação é a ordem

O Botafogo não sabe o que é vencer há nove rodadas do Campeonato Brasileiro 2020 - são dois empates e sete derrotas no período. Nesse ínterim, o Glorioso soma mais uma derrota e um empate por conta da eliminação na Copa do Brasil ante o Cuiabá. Nos últimos seis jogos, seis derrotas. Tal campanha colocou a Estrela Solitária na zona de rebaixamento: o clube carioca é o 19º colocado, com 20 pontos - cinco atrás do Sport, 16º e primeira equipe que não desce de divisão no torneio.

São, ao menos, poucos desfalques para a peleja. O Botafogo só não contará com Marcelo Benevenuto e Rafael Forster, ambos suspensos. 

Após ser contratado e não poder estrear por testar positivo para coronavírus, Eduardo Barroca, técnico da equipe, cobrou um novo comportamento da equipe. "Já tive uma reunião com comissão e jogadores, estou aqui para passar uma mensagem de sentimento. Falar que temos ciência do momento que estamos passando, mas com muito trabalho, muita dedicação e mudança de hábito a gente precisa dar uma resposta imediata. Dentro dessa conversa que tive com o grupo, espero que já no jogo contra o Inter a gente tenha a possibilidade de iniciar uma reviravolta. Vou ser a figura para cobrar essa mudança de atitude", destacou o treinador.

Arbitragem

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

VAVEL Logo