Marcelo Oliveira é demitido da Ponte Preta após derrota para o Avaí
Foto: Álvaro Junior/Ponte Preta

Após derrota para o Avaí, pela 28ª rodada do Brasileirão Série B, em pleno Moisés Lucarelli, Marcelo Oliveira foi demitido pela Ponte Preta. O treinador, que ganhou o Brasileirão de 2013 e 2014 pelo Cruzeiro, estava parado há dois anos antes de assumir a Macaca.

Quando Marcelo assumiu o comando da equipe, a Ponte Preta estava no G-4 – zona de acesso para a Série A – e agora, deixa a Ponte na nona colocação, com 40 pontos – quatro atrás do Sampaio Corrêa, que abre o G-4 da competição. Marcelo Oliveira teve um aproveitamento de 38.1%, tendo conquistado apenas 16 pontos de 42 possíveis.

“Infelizmente as coisas não aconteceram como planejado, eu sou testemunha do trabalho, do esforço do professor Marcelo, da sua equipe, mas os resultados não vieram. E como nós acreditamos que a Ponte Preta ainda está na disputa, que o campeonato está aberto, nós achamos que é necessário mexer. E nesse sentido, nós comunicamos ao professor Marcelo que é uma decisão da nossa diretoria de fazer a substituição”, afirmou Sebastião Arcanjo, presidente da Ponte.

Fábio Moreno, coordenador técnico da equipe, deve assumir o comando interinamente na próxima rodada, segunda-feira (14), diante do Operário, às 20h. Moreno já exerceu essa função em outras duas oportunidades: na derrota para o Juventude, por 3 a 1, e na vitória no dérbi, diante do Guarani, por 2 a 0.

“E o Fábio Moreno, que é o nosso coordenador técnico, que é um projeto da Ponte Preta, que eu espero que ele se materialize, vai assumir as condições de comando da nossa equipe nas próximas partidas. Nós queremos desejar para o Fabinho sucesso e força. Talento ele tem, capacidade ele tem”, disse o presidente da macaca. 

Como dito por Sebastião Arcanjo, presidente da equipe, o campeonato ainda está em aberto e a Ponte pode voltar ao G-4, mas para isso, irá precisar de uma sequência de vitórias nas últimas dez rodadas da Série B.

VAVEL Logo