Vasco aproveita contra-ataque, vence Santos e ganha sobrevida para fugir do Z-4
Foto: Divulgação / Vasco

Após sete partidas, o Vasco se reencontrou com a vitória. Na tarde deste domingo(20), o Cruzmaltino derrotou o Santos, em São Januário, na tarde deste domingo (20), pela 26ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Carlinhos.

Estratégias

Para o jogo, o técnico Ricardo Sá Pinto perdeu o meia Benítez, que estava com dores na panturrilha. Além disso também não contou com Neto Borges, Léo Gil e Talles. Com isso, mandou a campo um Vasco com esquema 4-2-3-1: Fernando Miguel; Léo Matos, Castán, Jadson e Henrique; Andrey e Marcos Júnior; Juninho, Vinícius Paiva, Carlinhos; Germán Cano.

O técnico Cuca contou com alguns desfalques como Luan Peres, suspenso, Pará e Jobson, machucados, além de Lucas Veríssimo, que em negociação com o Benfica pediu para não jogar e Vinícius Balieiro, que se recupera da Covid-19. O Peixe foi a campo com: John; Fernando Pileggi, Luiz Felipe, Alex e Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Diego Pituca; Madson Kaio Jorge e Lucas Braga.

Vasco aposta no contra-ataque e abre o placar

A partida começou bem truncada pelos meio-campo. Com um time misto, o Santos tentava suas jogadas pelas pontas, principalmente pelo lado esquerdo com Felipe Jonatan e Lucas Braga, isso fez com que o time tentasse acelerar o jogo, mas acabou deixando espaços e foi surpreendido aos oito minutos em um contra-ataque muito bem armado pelo Vasco.

Germán Cano fez uma boa jogada individual pela esquerda, parou o jogo e tocou para Vinícius no meio. O atacante abriu rápido e ligou um contra-ataque perfeito com Léo Matos na direita. O lateral cruzou na área, Cano até passou na bola, mas Carlinhos apareceu na segunda trave para finalizar e abrir o placar para o Cruz-maltino.

Após o gol, o Gigante da Colina acabou recuando demais e deixou o Peixe dominar. Só que a equipe santista não conseguia invadir a grande área com a bola dominava, e deixava evidente a falta de Marinho, que hoje estava no banco de reservas.

Devido a marcação forte e o excesso de passes errados, que não foram poucos, o número de faltas foi grande. Sendo 11 do Vasco e oito do Santos.

Santos é melhor, termina com cinco atacantes mas não consegue marcar

Na etapa complementar o Santos voltou com Soteldo e Bruno Marques nas vagas de Luiz Felipe e do estreante Fernando Pileggi. Com isso, Madson voltou para a lateral e Alison foi deslocado para a zaga.

O Peixe seguia melhor, com mais posse de bola e teve a sua primeira chance de empatar aos sete minutos, quando Soteldo cobrou um escanteio pela direita e Bruno Marques cabeceou para fora.

Seis minutos mais tarde, em uma lindíssima jogada, Felipe Jonatan tabelou com Bruno Marques, recebeu na área e soltou a bomba, mas Fernando Miguel fez uma bela defesa.

O Vasco por outro lado, recuou e o Alvinegro Praiano foi todo para o ataque. Mas os coringas do técnico Cuca abusaram excessivamente de cruzamentos para a área e sequer conseguiram criar tantas chances de perigo. Aliás o Santos terminou o jogo com cinco atacantes, mas sem gol.

Classificação e próximos jogos

Com a vitória o Cruz-maltino encerra uma sequência de quatro jogos sem vencer, chegou aos 28 pontos e apesar de ainda estar na 17ª posição, está próximo de sair do Z-4. Por outro lado, o Peixe novamente deixou a chance de se aproximar do G-4 escapar, segue na oitava posição com 38 pontos e soma seu quarto jogo sem vitórias fora de casa.

Na próxima rodada, as duas equipes voltam a campo no domingo(27), às 18h15. O Vasco visita o Athlético-PR, em Curitiba. O Santos recebe o Ceará, na Vila Belmiro.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo