Cuca reclama da retranca do Vasco, mas destaca: "Tivemos mais controle, mas não eficiência"
Foto: Ivan Storti/Santos FC

O Santos foi derrotado para o Vasco por 1 a 0, neste domingo (20), em São Januário, pela 26ª rodada da Série A  do Campeonato Brasileiro. O técnico Cuca fez uma avaliação do jogo sem “caça às bruxas” e procurou até enxergar pontos positivos no confronto que sucedeu a classificação do time às semifinais da Copa Libertadores da América.

Finalizou bastante, 19 vezes é um número alto, fora de casa, mas não fomos felizes nas finalizações, Fernando Miguel pegou bolas difíceis e nas demais não tivemos a fortuna de fazer o gol (...) Tivemos controle, a posse de bola, mas não tivemos a eficácia para empatar. Mais mérito do a Vasco"

O comandante também admitiu que a equipe enfrenta sérias dificuldades de criação contra adversários mais recuados, como o Cruz-maltino, que após fazer o gol se recuou e passou a segurar o resultado.

"Sim (problema de construir contra retrancas), você tem a posse de bola, joga os meias. Colocamos o Marinho por dentro, abrimos o Lucas Braga, fizemos uma linha de quatro atacantes com dois meias, Lourenço e Marinho, mas não foi o suficiente", afirmou Cuca.

"Ainda pusemos dois centroavantes. Acho que a gente trabalhou bem as coisas no sentido de tentar achar uma maneira de chegar no gol, mas infelizmente não foi o suficiente", acrescentou o treinador santista.

A derrota no Rio de Janeiro impediu o Santos de se igualar ao Palmeiras e entrar definitivamente na briga por um lugar no G-6 e somou o quarto jogo como visitante sem vencer O resultado negativo, na visão do Cuca, se encontrou na ineficácia do time diante da marcação do Vasco, que também contou com duas boas defesas de Fernando Miguel para sustentar o resultado.

"Pelo momento que o Vasco vive, os três pontos são mais importantes do que tudo, e eu entendo. Para sair da zona de rebaixamento, eles passaram a administrar o placar, fecharam bem as linhas, marcaram muito bem. Nós tivemos o controle do jogo, mas não a eficácia de empatar. Aí o Vasco se abria e quem sabe a gente conseguia virar. Mas  eles administraram bem essa vitória deles", comentou.

Agora, o Peixe terá uma semana para descansar e se preparar para o último desafio do ano, que será contra o Ceará, na Vila Belmiro, domingo (27), às 18h15.

VAVEL Logo