Renato Portaluppi elogia atuação do Grêmio com vários reservas contra Atlético-GO
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Na Arena, o Grêmio venceu o Atlético-GO pelo placar de 2 a 1 neste domingo (27). A equipe de Renato Portaluppi saiu na frente, tomou o empate, mas conseguiu garantir a vitória pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória é sempre importante. A gente tá brigando pela parte de cima da tabela. É importante continuar no pelotão da frente. A equipe se comportou bem, com jogadores voltando de lesão, alguns que não jogavam há bastante tempo. Taticamente eles procuraram fazer o que pedi”, disse o treinador do Grêmio. 

Renato falou sobre o retorno de Alisson, que era titular do time antes da lesão. O meia atuou o jogo inteiro, apresentando um bom desempenho. 

É um jogador que voltou de lesão, que ficou praticamente dois meses e meio sem jogar. Hoje ele nem deveria ter jogado os 90, mas pelos problemas que tivemos durante a partida, ele pediu para jogar. Ele voltou bem, é um jogador importante no grupo.

Outra novidade no time, que foi quase todo reserva, foi o zagueiro Ruan. Atleta da base, ele foi elogiado pelo treinador.

Ele não joga mais porque temos grandes zagueiros. É um jogador importante, que tem muitas qualidades. Estamos lapidando ele. Tanto ele quanto Tonhão (Rodrigues) no futuro devem ser a dupla de zaga do Grêmio. Mesmo há um tempo sem jogar, ele entrou bem.”

Na quarta-feira (30), o Grêmio tem duelo decisivo pela Copa do Brasil, diante do São Paulo. Renato disse que antes de pensar sobre a equipe que vai para o jogo no Morumbi quer curtir a vitória no Brasileirão. 

Hoje vamos curtir a vitória. Estamos dentro de aeroportos e hotéis, concentrando, o grupo mal pode ver a família, então é uma coisa que hoje vamos curtir. A partir de amanhã vejo quem está em condições de viajar e jogar na quarta-feira.

Mas já sobre o duelo decisivo, destacou que será um grande jogo. Apesar da vantagem conquistada na Arena, afirmou que é importante respeitar o adversário.

É um clássico do futebol brasileiro. São duas grandes equipes. A maneira que vamos jogar eu já sei, mas vou passar só pros meus jogadores. O São Paulo merece nosso respeito, pois vem muito bem. Tudo pode acontecer.

Ele ainda ressaltou que independente de quem jogar, terá a confiança dele e do grupo.

Eu não canso de elogiar meu grupo. problemas todo mundo tem. Isso faz parte do futebol. Eu confio em todos os meus jogadores. Independente se é no meio, na defesa ou no ataque, eu confio nos meus jogadores. Espero ter todos em condições, mas se alguém não puder jogar, a confiança é total em quem entrar.”

Renato falou também sobre Kannemann, que se destacou na vitória diante do São Paulo pela entrega em campo, disputando jogadas com muita garra.

O Kannemann é argentino, jogadores argentinos têm muita vontade e garra de vencer. Eu gosto de ver o Kannemann jogando, eu gosto da garra dele. Ele é um jogador vencedor e importante. Ele transmite essa garra para o grupo.

VAVEL Logo