Palmeiras sai na frente, é pressionado, mas segura vitória sobre Bragantino
Foto: Divulgação/Palmeiras

Em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebeu no Allianz Parque o Bragantino e conseguiu sair com a vitória no último domingo (27).

Com gol solitário de Luiz Adriano, o Verdão suportou a pressão do Massa Bruta, que finalizou quase três vezes mais na partida.

Estratégias

O Palmeiras de Abel Ferreira teve a volta de Patrick de Paula no meio de campo. Com isso entrou com Gabriel Menino, Luan, Alan e Viña na defesa. No meio estavam Danilo, Patrick e Lucas Lima. Os atacantes eram Veron, Breno Lopes e Luiz Adriano.

Já o Bragantino de Maldonado teve uma formação até espelhada com a do Palmeiras, mas com Claudinho no banco. A primeira linha tinha Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar.

O meio vinha com Ryller, Raul e Thonny Anderson. No ataque tinha Cuello, Artur e Alerrandro.

Braga pressiona, mas abusa de perder gols

Patrick, aos 11, finalizou de longe, fazendo assim a primeira finalização da partida. O Braga tinha mais a posse (64%) e tentava pressionar o Palmeiras, acionando a todo momento Artur na direita. Aos 20 Menino bateu o escanteio e Viña cabeceou pra fora, pelo lado direito.

Aos 26 minutos, em um cruzamento vindo da esquerda de Gabriel Menino, Luiz Adriano conseguiu o cabeceio forte, a bola ainda pegou em Cleiton, mas ela entrou. O VAR revisou e apenas aos 30 foi confirmado o gol do Palmeiras!

Aos 34 Cuello tentou o chute de longe e mandou por cima do gol. E aos 46, em uma linda bola de Lucas Lima por cima, Breno Lopes arrancou pela direita e encheu o pé, mas acertou o travessão.

O Braga manteve 52% de posse de bola, contra 48% do Palmeiras. Nas finalizações o Verdão chutou quatro, acertando uma, contra cinco do Bragantino, que acertou nenhuma. Destaco aqui o número de passes: 202 do Palmeiras e 213 do Bragantino, mas falaremos disso no final.

E no intervalo o Braga veio com duas novidades: saíram Alerrandro e Thonny Anderson para a entrada de Ytalo e Claudinho. A primeira chance foi aos nove, quando Cuello virou o jogo para Aderlan, que chegou batendo, com desvio, e mandando para fora, pelo lado direito de Werverton!

Aos 15 o Palmeiras trocou três jogadores: saíram Veron, Luiz Adriano e Lucas Lima para a entrada de Scarpa, Veiga e Willian. No Braga saiu Ryller e entrou Lucas Evangelista. E nesse lance houve uma bagunça dentro da área onde, com um desvio, a bola beliscou a trave esquerda de Weverton!

Saída de jogo do alviverde (Foto: Divulgação/Palmeiras)
Saída de jogo do alviverde (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Aos 24, em um erro de saída de Menino, Cuello bateu colocado no canto esquerdo e Weverton foi buscar. Após essa defesa saiu Patrick e entrou Emerson Santos. Três minutos depois o próprio Cuello saiu para a entrada de Leandrinho.

Na sequência dessa jogada Claudinho conseguiu ficar com a bola na área e levantou para Ytalo cabecear e acertar o travessão! Aos 32 saiu Breno Lopes e entrou Marcos Rocha.

Apenas dois minutos depois Lucas Evangelista bateu de longe e mandou para fora, pelo lado direito! Aos 46, em mais uma finalização, Fabrício Bruno colocou por cima do gol, com desvio!

Ao final do jogo o Braga teve mais posse, com 59%, contra 41% do Verdão. Nas finalizações o Palmeiras chegou em seis, mantendo uma certa, contra 21 (!) do Bragantino, que acertou apenas duas.

Lembram-se dos passes que Palmeiras e Bragantino deram no primeiro tempo? Eles se tornaram 345 dos donos da casa e 484 dos visitantes. O Bragantino dobrou seus passes, enquanto o Palmeiras não chegou nessa marca. Destaco isso para dizer: o Bragantino dominou o campo com sua posse de bola e mais que isso, criou chances, sendo assim melhor que o Palmeiras em campo.

Próximos jogos e classificação

O Palmeiras volta aos gramados na próxima quarta-feira (30), às 21h30, quando viaja para enfrentar o América Mineiro, pela volta da semifinal da Copa do Brasil. Já o Bragantino volta a jogar apenas no dia 6 de janeiro, quando recebe o São Paulo, pelo Brasileirão.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo