Após voltar ao G-4, Mozart exalta elenco do CSA: “Precisamos
de todos eles”
Foto: Augusto Oliveira/CSA

O CSA venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 1, de virada, neste sábado (2), pela 32ª rodada da Série B e voltou ao G-4 da competição. Os gols do Azulão foram marcados por Yago e Rone, que estavam no banco de reservas. Após a partida, o técnico Mozart exaltou todo o elenco. 

Foi um jogo bem difícil. Primeiro tempo bem truncado, com poucas oportunidades. Essa reta final terá uma carga emocional muito grande, e nós temos que trabalhar isso também. O segundo tempo foi um pouco mais aberto, saímos atrás no marcador, num chute de rara felicidade do Marcinho. Mérito do jogador. Nós fomos também eficientes para manter o equilíbrio e conseguir empatar logo em seguida. Isso foi fundamental para virarmos. Exaltar a equipe, exaltar quem entrou. É impossível conquistarmos (o acesso) com 11 jogadores. Nós precisamos de todos eles. Temos que exaltar o que esses atletas fizeram”, disse.

E completou analisando os gols da equipe: “O Yago foi muito feliz no cabeceio. Se não me engano, foi o Paulo Sérgio que cruzou. É característica do Yago, de pisar na área, de fazer gol. O Rone também pegou muito bem na bola. E ele normalmente faz esses gols nos treinos. Quem acompanha, sabe”.

O próximo compromisso do Azulão é contra o Moto Club, na terça-feira (5), pela fase preliminar da Copa do Nordeste. No entanto, o comandante revelou que vai escalar a equipe reserva, pois, no momento, a prioridade é a Série B.

Eu vou com uma equipe alternativa para o Maranhão. Alguns jogadores vão continuar em Maceió para enfrentar o Figueirense (no dia 8). Vamos com uma equipe forte para enfrentar o Moto, mas alternativa” encerrou.

Pela Série B, o CSA terá o Figueirense pela frente, na próxima sexta-feira (8), no Orlando Scarpelli, às 21h30. A equipe alagoana ocupa a quarta posição, com 51 pontos.

VAVEL Logo