Copinha que revelou Dener vira filme nos 30 anos da conquista da Lusa 
Foto: Acervo da Bola

A Copa São Paulo de Futebol Júnior não será disputada em 2021 em razão da pandemia do novo coronavírus. No entanto, o dia 25 de janeiro – data tradicional de disputa da final do torneio – não passará em branco. Será lançado, em sessão online, o filme sobre a melhor campanha da história da competição: “Invictos – O título da Lusa na Copinha de 1991”.

"A gente tinha vontade de fazer um filme sobre o Dener, um dos maiores ídolos da história da Portuguesa. Também queríamos fazer sobre uma conquista muito marcante para a Portuguesa, que não é um time de tantos títulos, mas de muita tradição na base, de revelar grandes jogadores. E estamos no ano (de 2021) que marca os 30 anos dessa Copinha. Então foi uma conjunção de fatores para a ideia de fazer esse filme" - afirmou Luiz Nascimento, produtor do longa-metragem.

O documentário será lançado em meio às comemorações dos 30 anos da conquista da Portuguesa. Na ocasião, o time do Canindé teve a melhor pontuação, o artilheiro e o melhor jogador da história da Copinha. Marcas até hoje não superadas por qualquer outro clube. Além dos números, aquele título marcou o surgimento do craque Dener e do artilheiro Sinval.

Sinval e Tico são algumas das atrações do documentário | Foto: Acervo da Bola
Sinval e Tico são algumas das atrações do documentário | Foto: Acervo da Bola

 

“Invictos – O título da Lusa na Copinha de 1991” ouve destaques daquele elenco, como os atacantes Tico e Sinval, o volante Maninho, e o técnico Écio Pasca. Também detalha o início da carreira de cada um deles, ouvindo técnicos de base que perceberam o talento de Dener desde pequeno.

O lançamento ocorre cerca de um mês após a Portuguesa sagrar-se campeã da Copa Paulista de 2020 ao derrotar o Marília por 3 a 2 (5 a 3 no agregado). Com o título, a Lusa conquistou também o retorno à Série D após quatro anos. Lusitano assumido, o diretor Luiz Nascimento também comentou sobre o triunfo na competição:

"A gente pegou esses últimos anos da Portuguesa tentando voltar ao cenário nacional. A conquista da Copa Paulista vai muito além do título. O torcedor da Portuguesa não quer essa conquista para colocá-la ao lado das maiores taças que a Portuguesa já teve na história. É mais do que isso, é além disso! É o significado de garantir uma vaga de volta a Série D, da Portuguesa voltar a disputar o Campeonato Nacional. Então, a gente espera que seja o primeiro passo de um longo processo de reconstrução da Portuguesa. Muita gente fala que é o primeiro degrau, eu prefiro dizer que a Portuguesa chegou na escada. Agora, ela vai tentar subir o primeiro degrau. Foi importantíssimo a Portuguesa conquistar esse título no ano do seu centenário. A gente espera que o filme dê uma ajuda na moral do torcedor e da Portuguesa.

O filme tem sido financiado por meio de uma campanha de apoio nas redes sociais. Os torcedores podem contribuir comprando ingressos para a sessão online de estreia, copos comemorativos desenvolvidos especialmente para os 30 anos e uma mala personalizada, em estilo retrô, podendo também colocar o nome nos créditos da produção.

"Vale dizer que a Portuguesa é apoiadora oficial do nosso documentário. É um documentário independente. A torcida da Portuguesa não é de massa, mas é muito apaixonada e tem abraçado todos os nossos projetos. Então é o filme tá sendo financiado totalmente pela torcida" - disse Luiz Nascimento.

O documentário é uma produção do Acervo da Bola, com direção de Cristiano Fukuyama e Luiz Nascimento, com o apoio oficial da Lusa. Neste ano, os diretores já lançaram o longa-metragem “Lusitanos – O centenário da Portuguesa” e têm uma trajetória de sucesso, com premiações no CINEfoot – o festival brasileiro de cinema de futebol – com os curtas “Eu, Jogadora” e “Nunes FC”, além do longa-metragem “Ivair – O Príncipe do Futebol”.

VAVEL Logo