Em reedição de final de 2003, Santos viaja para enfrentar Boca Juniors pela semi da Libertadores
Foto: Divulgação/Santos

Valendo pela semifinal da Copa Libertadores, o Santos viaja até a Argentina para encarar o Boca Juniors, em La Bombonera. A partida que acontece nessa quarta-feira (6), às 19h15, será a primeira de duas das semifinais pela ‘Glória Eterna’.

O equilíbrio marca o confronto entre Santos e Boca, com quatro partidas e duas vitórias para cada, sendo uma em seus domínios e uma fora de casa. O último encontro entre ambos foi em 2003, quando o Boca venceu na grande final por 3 a 1, com gols de Tevez, Delgado e Schiavi. Alex descontou para o Santos.

Dúvidas no meio de campo

O Boca chega na liderança do grupo A dos playoffs da Primeira Divisão da Argentina, com quatro jogos feitos, e oito pontos ganhos, empatado com o River Plate.

A última partida foi justamente contra o River, no último sábado (2), em La Bombonera. Ábila abriu o placar, Girotti e Borré viraram o jogo, mas Villa empatou mais uma vez.

Miguel Russo tem duas dúvidas para a partida. Expulso no último jogo, Campuzano também saiu com dores e não se sabe se estará em campo, assim como Diego González, que voltou a treinar com o elenco apenas no último domingo.

Com isso o provável Boca é: Andrada, Jara, López, Izquierdoz e Fabra; Salvio, Capaldo, Diego González (Cardona) e Villa; Tevez e Soldano (Ábila).

Força máxima para Cuca

O Santos está na oitava posição do Brasileirão, com 39 pontos em 27 jogos disputados, empatado com o Corinthians, que vem logo atrás.

O Santos também chega para a partida após empatar. Em casa, no dia 27 de dezembro, o Peixe recebeu o Ceará e saiu na frente com Marinho, mas viu Samuel Xavier empatar.

Com o retorno de Pará e Madson, Cuca terá força máxima para a partida frente ao Boca, assim tendo apenas uma dúvida no meio de campo, mas por opção dele.

O provável Santos é: John, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Lucas Braga) e Pituca; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.

Arbitragem e onde assistir

Roberto Tobar será o árbitro da partida, com auxílio de Claudio Urrutia e Alejandro Molina, sendo o trio todo do Chile. O VAR será do paraguaio Juan Benítez.

Com transmissão da Fox Sports, você poderá acompanhar todos os lances no tempo real aqui da VAVEL Brasil!

VAVEL Logo