Confiança vence e mantém Náutico na zona de rebaixamento
Luiz Neto/Náutico

Em jogo pra lá de quente, o Confiança fez o dever de casa e venceu o Náutico por 2 a 0, na Arena Batistão em partida válida pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Reis, de pênalti, e Madison, ambos no segundo tempo, que ainda contou com uma expulsão para cada lado.

Náutico começa melhor

Apesar de estar com o treinador interino, já que o técnico Hélio dos Santos testou positivo para Covid-19, o Náutico se mostrou mais ofensivo nos primeiros minutos da etapa inicial. Mas com o decorrer do jogo, a equipe ficou muito exposta e facilitava as chegadas do Confiança.

E foi por muito pouco que o time da casa não abriu o placar. Após cruzamento de Castilho, a bola sobrou para Matheus Mancini na entrada da pequena área. O zagueiro chutou e Anderson fez uma defesa à queima roupa.

Aos poucos o Dragão foi gostando do jogo e passou a pressionar nas bolas alçadas. Mas o Náutico conseguiu equilibrar as ações ainda antes do intervalo.

Confiança é mais eficiente e garante vitória

Na etapa complementar o Confiança voltou ainda melhor. Logo aos três minutos, Reis fez uma bela jogada e cruzou. A bola foi parar no travessão. Na sequência, Castilho achou Renan Gorne, que novamente viu o goleiro Anderson operar um milagre.

Só que o mesmo goleiro que vinha fazendo milagres para salvar o time pernambucano, falhou. Ele saiu afobado e derrubou Reis. A árbitra então assinalou pênalti. Na cobrança, Reis chutou no meio e abriu o placar.

O Náutico sentiu e muito o gol sofrido e caiu drasticamente de produção, sem ao menos conseguir esboçar uma reação para buscar o empate. Já nos minutos finais da partida, o clima esquentou. A árbitra marcou tiro livre indireto em uma saída de bola de Rafael Santos, que pegou a bola fora da área. Na cobrança, Dudu mandou uma bomba para a defesa do goleiro.

E após confusão generalizada um expulso para cada lado. Rafael Ribeiro, do Náutico, e Thiago Ennes, do Confiança. os acréscimos o Dragão fechou a conta. Reis bagunçou a defesa adversária e rolou para Madison mandar para o fundo das redes.

E agora?

Com a vitória, o Dragão subiu para a 11ª posição, com 42 pontos. Já o Timbu segue na zona de rebaixamento, com 35. Na próxima rodada, o Confiança enfrenta o Brasil de Pelotas, na sexta-feira (8), às 16h. No mesmo dia, às 19h15, o Náutico faz o confronto direto diante do Paraná para escapar da zona da degola.

VAVEL Logo