Conmebol causa polêmica em imagem sobre semifinais da Libertadores
Arte: Conmebol

Canais oficiais de uma competição tem, como sentido de existência, enaltecer o certame que representa. Nesta terça-feira (5), a página da Copa Libertadores da América 2020 no Twitter, gerida pela CONMEBOL, causou uma polêmica. Tudo por conta de uma ilustração que, no entendimento dos dirigentes, exaltava os quatro semifinalistas do torneio - Boca Juniors, River Plate, Santos e Palmeiras. A imagem, entretanto, gerou confusão.

Torcedores não gostaram, sobretudo, da colocação em que os atletas das equipes foram colocados na sala de embarque de um aeroporto - que tinha, de acordo com o pórtico, como destino o Rio de Janeiro.

Enquanto Rony e Marinho, respectivamente de Palmeiras e Santos, estavam ao lado, no centro da imagem apareciam Carlos Tévez e Rafael Borré. Os dois atletas de clubes argentinos estavam com a mão na mala e claramente indo em direção ao portão, enquanto os dois brasileiros tinham a bagagem ao lado.

Mais do que isso: na mala de Carlos Tevez, no canto direito acima do escudo do Boca Juniors, há um adesivo muito semelhante ao concedido ao vencedor da Libertadores.

Torcedores, sobretudo brasileiros, ficaram na bronca com a imagem e deixaram clara a insatisfação:

VAVEL Logo