San-São opõe dois paulistas em situações bem diferentes na temporada
Santos 2 a 2 São Paulo (Foto: Divulgação / Santos FC)

O domingo (10) reserva um jogo completamente incomum. Encerrando a primeira dezena de dias de 2021, São Paulo e Santos se enfrentam no Morumbi em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O SanSão 313 opõe equipes em momentos completamente distintos.

Líder do Brasileirão, o São Paulo busca se recuperar da goleada sofrida ante o Red Bull: 4 a 1 - e conta com retornos importantes para cumprir o objetivo. O Santos, com moral altíssima, deve poupar jogadores por conta do compromisso que tem na próxima quarta-feira (13): o jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores da América 2020, contra o Boca Juniors, na Vila Belmiro.

AO VIVO: acompanhe todas as informações pré-jogo e todos os lances do clássico São Paulo x Santos aqui, na VAVEL Brasil

Para voltar ao normal

Com Fernando Diniz enquanto técnico, o São Paulo, antes da última quarta-feira (06), só tinha sofrido quatro gols em uma partida uma única vez. O 4 a 2 do Red Bull Bragantino causou espécie em muitos e deixou muitos torcedores são-paulinos assustados. Isso mesmo com a equipe bem colocada no Brasileirão 2020: o Tricolor é líder do certame, com 56 pontos - seis pontos à frente do Internacional, segundo colocado.

O SPFC conta com retornos importantes. Juanfran Torres resolveu problemas particulares e está à disposição. Luan, que volta de suspensão, e Robert Arboleda, que teve fadiga muscular e se atrasou na reapresentação após as festas de fim de ano, também voltam ao time titular. Luciano e Pablo, se recuperando de lesão, voltam a ficar disponíveis. Suspensos, Bruno Alves e Tchê Tchê estão sem condições de jogo - bem como Igor Liziero e Walce, lesionados.

Apesar da goleada sofrida na última rodada, Fernando Diniz segue elogiando os comandados. "Já falei que estou contente com o elenco que temos. Nos trouxe até aqui na liderança do campeonato, chegou na semifinal da Copa do Brasil. Não tenho nada que olhar para o banco e não ter opção. Esse é nosso time, não foi por conta de quem entrou que perdemos. Coletivamente, fomos mal", pontuou o treinador.

Provável escalação: Tiago Volpi, Juanfran, Léo (Diego Costa), Arboleda e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes; Vitor Bueno (Luciano ou Pablo) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

Onde está a cabeça?

O Santos não vence há quatro rodadas do Campeonato Brasileiro 2020. Ninguém, porém, parece estar muito preocupado com isso. Atualmente oitavo colocado do torneio, com 39 pontos (cinco atrás do sexto colocado Palmeiras, primeira equipe que se classifica para a Copa Libertadores da América 2021), o Peixe segue vivo na maior competição continental interclubes da América do Sul - e esse é o principal foco do clube no momento.

Após o jogo de ida da semifinal da Libertadores, John Victor e Wagner Leonardo testaram positivo para coronavírus e seguem em isolamento em Buenos Aires. Suspenso, Felipe Jonatan também não pode atuar. A tendência, entretanto, é que o Alvinegro Praiano chegue com uma série de reservas na equipe titular, buscando se poupar para a decisiva peleja continental.

Em entrevista coletiva na Bombonera, Cuca já deu a entender que dois dos principais jogadores da equipe não estarão no onze inicial: "Marinho e Soteldo não treinaram a semana completa, sentem mais o desgaste. Perdi duas substituições: Lucas Veríssimo e Kaio Jorge, por desgaste físico. Não pude fazer as trocas que imaginava. Temos uma semana entre descanso e treinamento para melhorar o condicionamento. E o São Paulo no meio disso para pensarmos bem tudo que podemos fazer de melhor até quarta-feira", destacou o técnico.

Provável escalação: João Paulo; Madson, Laércio (Luiz Felipe), Alex, e Jean Mota; Sandry, Jobson e Lucas Lourenço; Arthur Gomes, Bruno Marques e Tailson. Técnico: Cuca.

Arbitragem

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Alex dos Santos (SC)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

VAVEL Logo