Diego Ribas cobra elenco e diz que Flamengo está sem atitude de campeão
Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O revés para o Ceará na tarde deste domingo (10) foi o sétimo do Flamengo no Brasileirão 2020. Já são três jogos sem vitórias, com duas derrotas seguidas. Apatia, falta de movimentação, criatividade defasada. Essas palavras podem representar o momento do Rubro-Negro na temporada. Depois do uruguaio Arrascaeta dizer que o time 'não merece ser campeão' por conta da atuação fraca no clássico contra o Fluminense, nesta 29ª rodada foi a vez de Diego Ribas soltar o verbo sobre a briga pelo título.

"Primeiro de tudo, a gente tem que assumir a responsabilidade e entender o que está ao nosso controle, e que, o título se conquista jogo a jogo, com atitude de quem quer ser campeão, e a gente não vem demonstrando isso com constância, e isso faz toda a diferença. Eu, particularmente, e tenho certeza que meus companheiros também, totalmente decepcionados", desabafou Diego.

Mais posse de bola (74% contra 26%), mais chutes (21 contra oito), porém a derrota por 2 a 0 se fez presente. Isso significa que falta alguma coisa no Fla: talvez o ânimo? Sim. A movimentação está danificada no setor ofensivo. Falta confiança para arriscar com convicção em direção ao gol. Falta calibragem também nos poucos chutes de fora da área. 

"Jogamos em casa, não começamos o jogo com a atitude que deveríamos, então esse é o ponto de reflexão. Cada um aqui ser homem, bater no peito, assumir a responsabilidade e saber que nada no externo pode influenciar se não fizermos dentro de campo, então a decisão é essa, o pensamento é esse. É isso que podemos fazer: falar menos e jogar muito mais", apontou o camisa 10.

Na quarta posição, com 49 pontos, o Flamengo agora se preocupa em continuar no G-4 do Brasileirão. O próximo jogo é contra o Goiás na segunda-feira (18). Depois, tem o líder São Paulo na quinta-feira (21). Sequência que pode revitalizar o ânimo flamenguista ou afundar de vez.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo