Cuca exalta vitória em clássico, mas prega foco no Boca Juniors
Cuca após São Paulo 0 a 1 Santos (Santos TV / Reprodução)

O Santos surpreendeu mais uma vez no último domingo (10). Jogando no Morumbi, o Peixe venceu o SanSão 313 ante o São Paulo, por 1 a 0, jogando com uma equipe praticamente reserva. A partida foi válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. O resultado, obviamente, deixou o técnico Cuca feliz. Mais do que isso: todo o imaginado por ele aconteceu ao longo do cotejo.

Nas palavras do próprio treinador, o Peixe sabia das dificuldades que enfrentaria e soube jogar na estratégia oferecida. "Cedemos pouco espaço ao São Paulo, que é uma equipe que gosta da transição em toques e te envolve numericamente em setores do campo. A gente se precaveu dentro do que foi possível. Conseguimos fazer um jogo bom dentro da nossa proposta e sair vencedor, que é o mais importante. Lógico que o São Paulo ia ter mais posse, mais finalizações, mas fomos efetivos. Soubemos passar pelo momento ruim do jogo", destacou, após o jogo pelo Campeonato Brasileiro 2020.

As estatísticas da peleja fazem coro ao que Cuca disse. O São Paulo teve muito mais posse de bola (68%), finalizações (vinte e seis a sete) e chutes certos a gol (cinco a dois).

É quarta-feira

O técnico, entretanto, não escondeu que o foco da equipe é o jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores da América. No dia 13, às 19h15 (Horário de Brasília), o Peixe recebe o Boca Juniors

Para Cuca, a equipe deve comemorar, mas jamais perder a concentração para o cotejo seguinte. "Hoje, a vitória tem de servir como estímulo, mas pés no chão. Fazia muito tempo que não vencíamos um clássico. Foi um jogo muito complicado. Vencemos. Vamos comemorar com bastante naturalidade, mas amanhã já trabalhar", destacou.

Outro duelo com a equipe reserva foi relembrado pelo treinador: a derrota por 4 a 1 para o Flamengo. "Se naquela derrota eu tivesse vindo e criticado alguém, influenciava (no ambiente), porque mexe no ambiente. Se hoje eu vier aqui e "pavonar" todo mundo, fazer rabo de pavão em todo mundo, lógico que influencia, aí quarta-feira não vão jogar nada. Então, é pé no chão. Trabalhar para fazer um grande jogo contra o Boca", finalizou Cuca.

VAVEL Logo