Auxiliar
técnico relata dificuldades do Guarani na derrota para CRB 
Foto: Divulgação/Guarani

Agora sem vencer há três jogos, o Guarani foi derrotado por 2 a 0 pelo CRB nesta segunda-feira (11), no Estádio Rei Pelé, em jogo válido pela 34ª rodada do Brasileirão Série B. Gum e Bill marcaram os gols da equipe alagoana no segundo tempo.

Muito desfalcado por causa de casos de Covid-19 no plantel, o time de Campinas também não pôde contar com o técnico Felipe Conceição no banco de reservas, que cumpriu suspensão. O Bugre foi comandado pelo auxiliar Marcelo Barbosa, que comentou sobre a queda de rendimento na etapa final.

“Foi tudo um processo. Nossos jogadores, como sabem, tiveram problemas de Covid. Muitos jogadores não estavam com o ritmo ideal pro jogo e o coletivo foi em todo, vamos assim dizer, o cansaço atingiu no segundo tempo. À parte, um primeiro tempo muito bom, onde pudemos fazer nosso jogo, nossa construção, nossa chegada no último terço, mas depois do segundo tempo, a equipe sentiu”.

Mesmo com o revés e atuações distintas nos dois tempos, o auxiliar reconheceu os méritos da vitória adversária: “No segundo tempo, a equipe toda sentiu fisicamente, mas evidentemente tem que se dar valor, que tem o adversário do outro lado procurando também a vitória, mas estamos contentes com nossa equipe, que realmente o primeiro tempo foi muito bom, estivemos bem, e no segundo tempo, não estivemos tão bem, mas foi um bom jogo”.

Por fim, ressaltou que o Guarani irá lutar pela vaga de acesso enquanto tiver chances e comentou a reação do clube do campeonato, que começou no Z-4 e agora está próximo do G-4.

“Nós, enquanto tivermos chances, estamos aqui para lutar pelo acesso e, mesmo que não tivéssemos chances, iríamos continuar no ataque, procurando a vitória sempre”, começou.

“Guarani é uma equipe de superação. Estávamos em 19º e fomos subindo, subindo. Ainda que pequena, temos as chances de subir. Mas tá sendo bom; o trabalho tá sendo desenvolvido. Não foi trabalho para agora, é um trabalho de futuro e vamos continuar”, complementou.

Com a derrota, o Guarani se mantém em sexto, com 48 pontos. A diferença para o CSA, que ocupa a última vaga do G-4 e ainda joga na rodada, é de quatro pontos. O próximo jogo será diante do Cuiabá na quinta-feira (14), às 21h30, na Arena Pantanal.

VAVEL Logo