Gosto especial: Chapecoense assegura acesso à Série A após bater rival Figueirense
Foto: Márcio Cunha/ACF

Na noite desta terça-feira (12), a Chapecoense venceu o Figueirense por 2 a 1, na Arena Condá, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com 66 pontos, o resultado garante o acesso da Chape à Série A na próxima temporada de 2021. Por outro lado, a derrota do Figueira afunda mais ainda a equipe na zona de rebaixamento.

A Chapecoense de Umberto Louzer entrou em campo no 4-3-3, com quatro jogadores formando a linha defensiva, dois volantes, um meio-campista central e três atacantes espalhados em cada ponta no último terço do campo. A equipe teve dificuldade para sair jogando na primeira etapa devido ao forte esquema defensivo do Figueirense.

O Figueirense de Jorginho entrou em campo no 4-3-3, com a mesma formação tática da equipe mandante, porém, jogando com a bola, o Figueira armou a equipe em bloco médio saindo no 4-2-4, permitindo o avanço dos pontas Bruno Michel e Itinga, com apoio de Dudu e Diego Gonçalves.

No primeiro minuto da partida, Giovani é acionado pela esquerda e com capricho cruza na medida para Bruno Michel, no entanto, o atacante finaliza com perigo para fora. Dois minutos depois, é a vez de Itinga dar perigo à equipe da Chape com mais uma finalização perigosa.

Aos 20 minutos, Paulinho Moccelin avança pela esquerda com a bola, cruza fechado e o goleiro Rodolfo espalma para afastar o perigo. No entanto, um minuto depois, a bola retornou para a área do Figueira durante o cruzamento de Matheus para Paulinho Moccelin abrir o placar de cabeça.

Entretanto, aos 25 minutos, o lateral-esquerdo do Figueira, Renan Luís aparece de surpresa pelo meio e finaliza com força para a excelente defesa de João Ricardo espalmando para o escanteio. O jogo foi lá e cá, porque poucos minutos depois, Denner aproveita a sobra perto da área do Figueira e finaliza com perigo para a boa defesa do goleiro Rodolfo. 

A noite era dos goleiros, mas isso não impediu da bola entrar pela segunda vez no gol, propiciada em finalização de Bruno Michel, no entanto, o lance estava em posição irregular e o bandeirinha marcou impedimento. Aos 31 minutos, Perotti aparece pela primeira vez na partida e aproveita o cruzamento de Moccelin para cabecear com perigo, porém, a bola vai para fora.

Durante a partida, a Chape acabou encontrando espaço para criar mais oportunidades, por isso, assiste à lambança dos zagueiros do Figueirense, quase entregando mais um gol para Paulinho Moccelin que finaliza em cima de Rodolfo que defende à queima-roupa.

A vitória pelo placar mínimo garantia a vaga para a Série A na próxima temporada, porém, Derlan não quis saber disso quando aproveitou o rebote do goleiro Rodolfo após a cobrança de falta lateral, precisando apenas finalizar com tranquilidade para o gol vazio do Figueirense.

Para não faltar emoção, a defesa da Chapecoense ao tentar tirar o perigo dentro da área, acaba cometendo pênalti para o Figueirense. Diego Gonçalves, aos 38 minutos do segundo tempo, diminui o placar com tranquilidade, mas não evita a derrota.

E agora?

Apesar do triunfo e retorno garantido para a Série A, a Chapecoense enfrenta o Vitória, no próximo domingo (17), às 16h, no Barradão, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A Chape está um ponto atrás do líder América-MG, que também já garantiu o acesso.

Do outro lado, o Figueirense cai para a 18ª colocação, com 36 pontos, um atrás do Vitória, que ainda jogada na rodada e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Figueira já joga na sexta-feira (15) diante do Brasil de Pelotas, às 17h30, no Orlando Scarpelli.

VAVEL Logo