Soteldo faz golaço e comanda vitória do Santos sobre desesperado Botafogo
Ivan Storti/Santos FC

O futuro do Botafogo na elite do futebol brasileiro está cada vez mais incerto, visto que o último colocado sofreu neste domingo (17) a 15ª derrota no campeonato. Jogando na Vila Belmiro, em Santos/SP, o time levou 2 a 1 do Santos. O jogo foi válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2020.

Sem Luan Peres nem Lucas Veríssimo, Cuca montou a zaga com Alex e Laércio. No meio Sandry assumiu a vaga de Alison, suspenso. Fora isso ele manteve o time que vem jogando, com Diego Pituca mais atrás, o trio formado por Marinho na direita, Lucas Braga centralizado e Soteldo na esquerda. Para completar, Kaio Jorge se movimentava mais perto da área.

Logo no primeiro minuto a defesa do Botafogo já cedeu espaços Marinho e Soteldo armaram o primeiro ataque do Santos, mas o primeiro gol saiu mesmo aos quatro, quando Diego Pituca arriscou de longe e a bola sobrou para Soteldo, que estava dentro da área e emendou um chute bonito para abrir o placar. 

A partir daí o ritmo do jogo caiu, sendo que o Botafogo cruzava bolas na área mas a defesa do Santos conseguia interceptar, e a partida ficava mais concentrada no meio de campo.

O jogo voltou a esquentar na reta final do primeiro tempo, quando Laércio chutou por cima uma boa oportunidade e o goleiro do Botafogo defendeu cobrança de falta de Soteldo. Na sequência, Caio Alexandre lançou e Babi foi derrubado por Laércio dentro da área. A arbitragem confirmou o pênalti e Pedro Raul empatou. Este foi o 12º dele pelo time de General Severiano.

O Santos voltou do intervalo melhor e com Jobson na vaga de Lucas Braga, reforçando mais o meio de campo. Barroca também viu que o Santos explorava o lado direito da defesa e durante o segundo tempo trocou Kevin e Kelvin por Gustavo e Davi Araújo.

Marinho assustou Diego em duas cobranças de falta, sendo que uma parou no travessão e na outra o goleiro espalmou para escanteio. Nos acréscimos ele acertou a trave mais uma vez.

No entanto, quem fez a diferença foi Bruno Marques, substituto de Kaio Jorge, que teve atuação discreta finalizando apenas um chute de longe que bateu no lado de fora da rede. Na primeira chance, Diego deu um tapa na bola e ela saiu pela linha de fundo. Minutos mais tarde, o atacante recebeu cruzamento de Soteldo e desta vez a cabeçada encobriu o goleiro do Botafogo: 2 a 1.

Classificação e próximos jogos

O Santos embalou uma sequência de cinco partidas de invencibilidade e chegou aos 45 pontos. O alvinegro praiano volta a campo na quinta-feira (21), quando vai ao Ceará encarar o Fortaleza, outro time que luta contra o rebaixamento.

Enquanto isso, o Botafogo amarga o último posto do Brasileirão e acumula quatro derrotas consecutivas. Na quarta-feira (20), a equipe recebe o Atlético Goianiense no Estádio Nilton Santos.

VAVEL Logo