Ponte Preta busca G-4, enquanto Náutico tenta se distanciar do Z-4
Ponte Preta x Náutico no primeiro turno (Clube Náutico Capibaribe / Divulgação)

Dois clubes em situações antagônicas na tabela da Série B 2020 se enfrentam neste domingo (17), em jogo válido pela 35ª rodada da competição. No Moisés Lucarelli, Ponte Preta e Náutico se enfrentam às 16h (Horário de Brasília). 

A Macaca, apesar de estar muito melhor na tabela, está há três jogos sem vencer. Tentando fugir da zona de rebaixamento, o Timbu conseguiu respirar por conta de duas partidas sem derrota.

Ainda na luta

Ser um dos últimos a jogar na rodada traz vantagens. No caso da Ponte Preta, foi possível identificar o quanto a equipe precisa correr atrás dos adversários. A Macaca começou o domingo na nona colocação da Série B, com 48 pontos - sete atrás do Juventude, quarto colocado. 

A equipe tem três desfalques certos e uma dúvida. Ivan se recupera de cirurgia no pulso, enquanto Danrley e João Veras, flagrados em uma festa sem máscara, foram afastados. A única incerteza é Guilherme Lazaroni, voltando de lesão.

Fábio Moreno, técnico da equipe, destacou que tais problemas não afetarão a Ponte Preta. "Quando tem um desentendimento qualquer, primeiro a gente resolve o problema e depois vira a chave pro trabalho em campo. Isso foi feito com muita rapidez, tudo solucionado e não resta nenhuma duvida que a Ponte vai pra partida muito focada, motivada, determinada a vencer. Funcionários, staff, jogadores, diretores, torcedores, estamos todos no mesmo barco e remando na mesma direção , todos juntos em busca de um objetivo", destacou o treinador.

Provável escalação: Ygor Vinhas, Apodi, Luizão, Wellington Carvalho (Ruan Renato) e Yuri; Barreto, Zanocelo e Camilo; Luan Dias, Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto. Técnico: Fábio Moreno.

Respirando

O Náutico precisou de apenas dois jogos invictos para sair da zona de rebaixamento da Série B. Mesmo jogando no final da rodada, o Timbu não voltou para o Z4: a equipe encontra-se na 16ª posição, com 39 pontos - um a mais que o Vitória, que inaugura o grupo de equipes que são rebaixadas.

Os pernambucanos sofrem com um surto de coronavírus no elenco. Kevyn e Igor Miranda, ambos laterais-esquerdos, testaram positivo e não atuam. Serão dois retornos, entretanto: Djavan e Ronaldo Alves, voltando de lesão, ficam à disposição de Hélio dos Anjos, treinador alvirrubro.

Goleiro da equipe, Anderson falou sobre os planos da equipe para o restante da Série B. "Internamente, a gente trabalha com essa meta de pontos. Duas vitórias acho que nos deixam na Série B. empre tem o fator de mais ou menos (pontos). Não podemos conseguir as duas vitórias e esquecer os dois jogos, se Figueirense e Vitória (principais concorrentes) fizerem as partes deles. Temos que fazer o máximo de pontos possíveis para nos livrar da Série C o mais rápido possível", destacou o arqueiro.

Provável escalação: Anderson, Bryan, Camutanga, Rafael Ribeiro, Igor Miranda, Renan Foguinho, Rhaldney, Dadá, Jean Carlos, Erick e Kieza. Técnico: Hélio dos Anjos.

Arbitragem

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)

VAVEL Logo