Sem vencer há três jogos, Mozart admite queda técnica do CSA contra Avaí
Foto: Augusto Oliveira/CSA

O CSA novamente deixou escapar a chance de se consolidar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (16), em partida válida pela 35ª rodada, os alagoanos saíram na frente com gol de Paulo Sérgio, de pênalti, mas viram Renatinho deixar tudo igual para o Avaí.O técnico Mozart disse na coletiva que não faltou intensidade ao time o que faltou mesmo foi futebol no segundo tempo. Por isso, o time sofreu o empate por 1 a 1.

"O primeiro tempo eu gostei bastante do rendimento em todos os sentidos, inclusive, em questão de intensidade. Intensidade é uma coisa subjetiva, falar que os jogadores não correram, eles correram", disse o treinador.

"No segundo tempo, fomos abaixo do que jogamos coletivamente e tecnicamente e acabamos nos superando fisicamente. Não é questão de intensidade. É um momento que talvez a gente não venha criando fluidez como vínhamos criando. Mas cabe a mim como treinador manter o equilíbrio, estudar o adversário da melhor maneira possível e continuar acreditando", disse.

O treinador fez as contas e "torce" por um tropeço das outras equipes que também brigam pelo G-4. Mas se quiser garantir o acesso, o Azulão tem que pensar rápido e buscar uma reação.

"Tem nove pontos a serem disputados, muita coisa para acontecer. Provavelmente a pontuação vai ser mais baixa do que todo mundo vinha falando. Nós temos mais uma decisão na próxima terça-feira. Descansar e ir para Ribeirão Preto pensando em vitória", completou.

Agora o Azulão de Mutange está na quinta posição, já que o Juventude venceu o Cruzeiro por 1 a 0 e ultrapassou a equipe alagoana.

 

Standings provided by SofaScore LiveScore

 

O CSA volta à campo na próxima terça-feira (19), às 19h15, diante do Botafogo-SP, em Ribeirão Preto.

VAVEL Logo