Vagner Mancini releva cobranças após goleada sofrida no derby 368
Vagner Mancini após Palmeiras 4 a 0 Corinthians (Corinthians TV / Reprodução)

O Corinthians perdeu para um dos maiores rivais de goleada na última segunda-feira (18). No Allianz Parque, o Timão tomou 4 a 0 do Palmeiras no Derby 368, em duelo atrasado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Vágner Mancini, técnico alvinegro, falou sobre a partida e como o elenco reagiu à sonora derrota em entrevista coletiva na casa rival. 

A primeira reação de Vagner Mancini foi tentar eufemizar a derrota, destacando alguns pontos específicos que passam longe das partes técnicas e táticas. 

"Hoje classifico também como acidente de percurso. O Palmeiras jogou o seu futebol, o Corinthians que esteve muito abaixo e foi sacrificado com alguns gols que normalmente nossa equipe não vem tomando, e isso acabou beneficiando o Palmeiras. Temos que entender e enxergar o cenário, é mais um divisor de águas para que a gente reajuste a equipe. Vi um Corinthians distante em concentração, em comprometimento no que é o nosso forte que é o sistema ajustado e organizado, por isso sofremos", destacou o treinador.

Palavras fortes

Pouco depois, Vagner Mancini passou a utilizar frases mais pesadas para falar da atuação da equipe. Primeiro, sobre a derrota em si, o treinador destacou a tristeza que estava sentindo. 

"Dói demais uma derrota dessas. É difícil vir aqui, dar entrevista e falar porque a gente fica muito chateado. Mas não temos tempo para isso. Quinta vamos jogar novamente. É necessário que esses mesmos atletas que fizeram grande jogo contra o Fluminense não sejam detonados hoje. Demos ao Palmeiras muitas chances de gol e isso não vinha acontecendo. Temos que corrigir o mais rápido possível para chegar no nosso objetivo que é uma vaga na Libertadores", comentou.

Nas estatísticas, as palavras mais fortes de Mancini combinam mais com os números. O Palmeiras teve mais posse de bola (56%), mais finalizações (quinze a dez) e chutes certos a gol (oito a quatro).

Perguntado sobre como estava o clima após a peleja, Mancini afirmou que os jogadores não estavam satisfeitos uns com os outros.

"Nosso vestiário pós-jogo foi de muita conversa, olho no olho, dedo em riste no momento em que tinha que ter. Há um dia a dia saudável, mas de cobrança. Com a cobrança, todos sabem a importância de assimilar o golpe, o futebol não é feito só de vitórias, derrota contra um dos maiores rivais nos faz sentir muito. Mas daqui a quinta vamos reverter o quadro emocional e e equipe vai entrar forte novamente contra o Sport", finalizou.

VAVEL Logo