Coritiba tenta ganhar sobrevida e recebe Fluminense, que ainda
sonha com G-4
Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Coritiba e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (20), no Couto Pereira, às 20h30 (horário de Brasília). O duelo é válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. A saber, o Tricolor ainda busca vaga no G4 da competição. Ao passo que o Coxa vive situação delicada, na zona de rebaixamento.

Ao todo, foram 42 jogos entre as equipes, com pequena vantagem para o Coritiba. Posto que foram 15 vitórias, contra 14 do Fluminense. Além disso, foram 13 empates.

O último duelo ocorreu em 28 de setembro de 2020, no Engenhão, pela 12ª rodada do Brasileirão. O Tricolor goleou por 4 a 0. Assim sendo, Michel Araújo, Felippe Cardoso, Nino e Ganso, de pênalti, marcaram os gols da partida.

Rafinha e Matheus Galdezani estão de volta ao time

Com 25 pontos, o Coxa é o 19º colocado. Assim sendo, está na zona de rebaixamento, a sete pontos do Fortaleza, primeira equipe fora da zona. Precisa vencer para seguir vivo na Série A. Após perder quatro jogos seguidos, inclusive para adversários diretos, como Botafogo e Goiás, o Coritiba ficou no 0 a 0 no clássico contra o Athletico-PR. Ao passo que, na última rodada, venceu o Vasco por 1 a 0, fora de casa.

Recuperado de dores na coxa, o zagueiro Sabino está de volta ao time. Além disso, não teve nenhuma lesão detectada. Outra novidade é que o volante Matheus Galdezani e o meia-atacante Rafinha estão entre os relacionados para a partida.

Por outro lado, o técnico Morínigo não poderá comandar a equipe, pois testou positivo para Covid-19. Quem estará à beira do campo é o auxiliar Júlio Sérgio. Robson volta ao time após cumprir suspensão. A única dúvida é quem sai, Neilton ou Pablo Thomaz.

Provável escalação: Wilson, Natanel, Nathan Ribeiro, Sabino e Guilherme Biro; Hugo Moura, Nathan Silva, Matheus Bueno (Rafinha) e Sarrafiore; Robson e Pablo Thomaz (Neilton).

Egídio deve ser titular no lugar de Danilo Barcelos

O Tricolor é o sétimo colocado, com 46 pontos. Aliás, está a seis pontos do Flamengo, última equipe no G4. Dessa maneira, ainda mantém esperanças de conseguir vaga direta para a Libertadores. No entanto, vem oscilando desde a saída do técnico Odair Helmmann. Desde então, foram seis jogos, com duas vitórias, um empate, e três derrotas, incluindo uma goleada, diante do Corinthians, por 5 a 0. Na última rodada, bateu o Sport por 1 a 0.

Após o último treino realizado, a tendência é que o técnico Marcão repita quase toda a escalação da última partida. A única mudança deve ser na lateral-esquerda, com Egídio na vaga de Danilo Barcelos. Já Martinelli segue entre os titulares no meio de campo.

Ganso segue fora, se recuperando de operação após quadro de apendicite. Quem também não joga é Marcos Paulo, que sofreu uma entorse no dedão do pé direito. O goleiro Muriel voltou a treinar após a concussão sofrida no treino, mas não foi relacionado para a partida.

Provável escalação: Marcos Felipe, Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Egídio; Martinelli, Yago e Michel Araújo; Luiz Henrique, Lucca e Fred.

Arbitragem

O árbitro Felipe Fernandes de Lima (MG) comanda a partida. Seus assistentes serão Guilherme Dias Camilo (MG) e Celso Luiz da Silva (MG). O responsável pelo árbitro de vídeo será Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).

VAVEL Logo