Pintado reclama da arbitragem, mas destaca poder de reação do Juventude após virada
Foto: Arthur Dallegrave/Juventude

Com gol nos acréscimos, o Juventude venceu o Figueirense por 2 a 1 e chega à última rodada do Brasileirão Série B só dependendo de si para voltar à elite do futebol brasileiro. A partida desta sexta-feira (22) foi marcada por erro de arbitragem no gol dos catarinenses e gols já nos minutos finais.

Após o duelo, o técnico do Juventude, Pintado, falou sobre a tensão do grupo e criticou a escolha do árbitro. 

“Nos últimos dois jogos do Juventude foram árbitros do Rio Grande do Norte. Geograficamente são regiões muito próximas, o CSA (que também briga por uma vaga na Série A) é uma equipe do Nordeste. Isso acaba expondo a arbitragem de uma maneira incômoda. Hoje pra mim ficou muito marcado que a gente não joga só contra o adversário. Nunca falei sobre arbitragem, a gente entende que existem erros, mas hoje ficou muito claro que essa dificuldade de interpretação da arbitragem contra nós acaba dificultando nosso trabalho.”

Durante o confronto, o técnico promoveu alterações na equipe que mudaram o estilo de jogo do Juventude, deixando a partida mais aberta. Questionado se não foi uma atitude arriscada, ele afirmou que não tem medo de arriscar. 

“Esse risco faz parte do trabalho, faz parte da minha profissão. Aprendi a vencer arriscando, lutando e trabalhando muito. O medo de perder não faz parte do meu dia a dia.”

Pintado avaliou também o que vou na partida. Para ele, o Juventude teve as melhores chances, apesar das dificuldades. 

“Nós tivemos oportunidades de fazer o gol, de criar um pouco mais. Nosso último passe, com o Cajá, mas  está muito sobrecarregado e os atletas que chegaram ainda não conhecem nossa maneira de jogar, o que acaba dificultando um pouco, mas ainda assim, acho que as melhores chances foram nossas.”

O comandante afirmou ainda que agora o foco é cuidar da recuperação dos atletas para a próxima partida, destacando que a equipe vai continuar lutando até o último minuto pelo sonho do acesso.

O Juventude visita o Guarani na última rodada, em jogo marcado para a sexta-feira (29), às 21h30. Se vencer, o Papo garante o acesso. Caso empate ou perca, vai precisar secar CSA e Avaí.

VAVEL Logo