Vasco aproveita oportunidades no ataque e vence o Atlético-MG em casa
Foto: Divulgação / Vasco da Gama

Pode respirar aliviado, torcedor vascaíno! Em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco recebeu o Atlético Mineiro na noite deste sábado (23) em São Januário. O time de Vanderlei Luxemburgo buscava a vitória para se afastar da zona de rebaixamento. Já o time de Jorge Sampaoli precisava da vitória para se manter na briga pelo título do campeonato.  

Apesar do Galo sair mais para o jogo, o Vasco aproveitou as oportunidades que teve no ataque e venceu o jogo por 3 a 2. Os gols da vitória foram marcados por Germán Cano, que fez dois, e Yago Pikachu. Já o Atlético chegou no segundo tempo com Hyoran e Sasha, mas não deu tempo de reverter o resultado. 

Distribuição tática

Vanderlei Luxemburgo trouxe um Vasco em um 4-2-3-1. Com Fernando Miguel no gol, a defesa foi formada por Marcelo Alves e Leandro Cástan na zaga e Léo Matos  e Henrique nas laterais. Na volância, Leonardo Gil e Bruno Gomes apoiavam a defesa enquanto Talles Magno, Benítez e Yago Pikachu trabalhavam mais avançados no meio-campo, para abastecer o centro-avante Germán Cano. 

Jorge Sampaoli também trouxe um Atlético em um 4-2-3-1 para São Januário. Com Everson no gol, Guga e Guilherme Arana faziam as laterais enquanto Gabriel e Junior Alonso completavam a defesa. Na volância, Jair e Allan ajudavam defensivamente enquanto Savarino, Hyoran e Keno faziam parte do setor de criação. Lá na frente, Eduardo Vargas trabalhou como centro-avante. 

Com grande atuação no primeiro tempo, Vasco vence Atlético Mineiro e se afasta da zona de rebaixamento

Atlético Mineiro e Vasco vivem situações completamente diferentes na tabela do Brasileirão. Enquanto o Galo ainda briga pelo título do campeonato, o Vasco aparece na outra metade da tabela, perto da zona de rebaixamento. Os cariocas eram muito mais pressionados pelo resultado, principalmente após as derrotas nas duas últimas rodadas. 

Mesmo jogando fora de casa, o Galo começou mandando no jogo. A primeira chance foi de Hyoran, em cobrança de pênalti marcado após toque na mão de Léo Matos. Porém, a bola bateu na trave direita de Fernando Miguel.  O Galo sentiu a quarta cobrança de pênalti perdida no campeonato e o Vasco aproveitou para subir para o ataque. 

A primeira grande chance do Vasco saiu dos pés de Pikachu, aos 15 minutos, mas a bola passou direto na trave. Porém, aos 17, Germán Cano não desperdiçou a bobeada da defesa do Atlético e aproveitou o toque de Léo Matos para abrir o placar. 

O Atlético não desistiu. Aos 21' a bola de Keno foi na trave, aos 27' Fernando Miguel defendeu a bola de Savarino e aos 28' Allan chutou pra fora. Do outro lado, o Vasco não precisou de muito para ampliar o placar. Aos 31', Pikachu chuta na trave após cruzamento de Léo Matos. Porém, não desperdiçou o rebote  e fez 2 a 0 em São Januário. O time da casa ainda teve a oportunidade de fazer o terceiro aos 36 do primeiro tempo, mas Cano furou. 

Os números do primeiro tempo só mostram uma dominância do Atlético na posse de bola (62%) , mas bem mal lá na frente, acertando uma das cinco finalizações no gol. Já do outro lado, apesar de ficar mais no contra-ataque, a defesa funcionou bem e o ataque encaixou quando precisava. O Gigante da Colina acertou dois dos quatro chutes no gol de Everson

Na volta do segundo tempo, Jair caiu dentro da área e pediu pênalti, mas após analisar o lance no VAR, o juiz voltou atrás na decisão e deu somente tiro de meta aos 9 minutos. Aos 12', German Cano marcou um golaço após matar a bola no peito e chutar forte. 

Aos 18, Sampaoli mudou: trocou Savarino, Vargas e Guilherme Arana por Marrony, Eduardo Sasha e Nathan. As alterações deram muito certo e aos 22 o Galo conseguiu um gol. Hyoran ficou com a sobra da bola na entrada da área e bateu de primeira. Aos 26', Fernando Miguel mostra reflexo e salva o cabeceio de Gabriel. Já aos 33', Hyoran chutou de fora da área, mas a bola passou perto do travessão. 

A melhor chance do Vasco no segundo tempo chegou aos 40', quando Cano finalizou de canhota por cima do gol de Everson. Ainda deu tempo do Atlético encostar no placar com o gol de Eduardo Sasha aos 48, mas não deu tempo para mais nada. 

O Vasco provou que não precisava de tanto para fazer muito. No total, foram seis chutes contra 17 do Galo. Porém, o time da casa acertou três deles no gol de Everson e o Atlético acertou quatro em Fernando Miguel.

Além do destaque para Cano, e Pikachu lá na frente, Benítez e Leonardo Gil fizeram um belo jogo defensivo, não dando espaço para Keno jogar e criar as jogadas. Da parte do Atlético, as mudanças de  Jorge Sampaoli surtiram efeito, mas o técnico fez elas muito tarde para conseguir o empate. 

Classificação e próximos jogos

Com o resultado, o Atlético vai ao 4º lugar, com 54 pontos, mas fica quatro pontos longe do vice-líder São Paulo, que empatou com o Coritiba. Já o Vasco respira e permanece fora da zona de rebaixamento, em 14º, com 35 pontos. 

Na rodada do final de semana que vem, os dois times voltam a campo no domingo (31). Às 16h, o Vasco recebe o Bahia em São Januário e  às 17h o Atlético-MG enfrenta o Fortaleza no Mineirão.

VAVEL Logo