Com 99% de chance de queda, Barroca fala sobre planejamento para a próxima temporada
Foto: Vítor Silva/Botafogo

Na noite do último domingo (24), o Botafogo foi até São Januário enfrentar o Fluminense pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida acabou 2 a 0 para o Tricolor das Laranjeiras, com gols de Lucca e Wellington Silva, de pênalti. Essa foi a 13ª derrota do Botafogo no returno, são 14 jogos e apenas 1 vitória.

Na coletiva após o jogo, o técnico Eduardo Barroca estava claramente chateado e abatido com a atual situação do Botafogo. O treinador falou que não é possível fazer mudanças nessa reta final de campeonato.

“Com relação ao Freeland, ele começa a trabalhar na terça-feira. Só a partir daí teremos contato profissional para definir qualquer coisa relacionada ao futuro. Sobre reformulação, entendo como reformulação instantânea como possibilidade de tirar alguém ou colocar alguém. Nesse momento não temos possibilidade botar nenhum jogador porque a competição não permite.”

“Entendo reformulação nesse momento apenas como possibilidade de já definir nosso planejamento futuro de já buscar jogadores que nos interessem para a próxima temporada. E evidente ter claro o que vamos fazer com os jogadores que temos no nosso elenco. E isso a gente já vem fazendo há um tempo, agora com a chegada do Freeland vamos fazer de uma forma mais efetiva a partir de segunda-feira.”

Com Eduardo Barroca com apenas 10% aproveitamento e apenas 1% de chance de permanência na Série A, o Botafogo enfrenta o Palmeiras na terça-feira (2), às 16h, no Allianz Parque. Atualmente, o Botafogo precisa de um verdadeiro milagre para não jogar a série B na próxima temporada.

VAVEL Logo