Após três meses de trabalho, Cruzeiro anuncia saída de Felipão
Foto: Divulgação/Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou a demissão do técnico Luiz Felipe Scolari, nesta segunda-feira (25) um dia após o empate sem gols com o Naútico no Independência, pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Felipão deixa o clube após três meses de trabalho. Nesse período, Scolari somou 21 partidas, sendo nove vitórias, oito empates e quatro derrotas.

Em nota oficial o Cruzeiro explicou que o término do contrato foi feito em comum acordo, e agradeceu a passagem do gaúcho que está encerrando sua segunda passagem pela Raposa.

"O Cruzeiro agradece e reconhece todo o trabalho, dedicação e profissionalismo de Felipão e seu staff para com o Clube neste momento importante, e deseja toda sorte e felicidade ao técnico campeão do mundo e sua comissão", em nota oficial pelo site do Cruzeiro.

Apesar de ter sido anunciado em consenso entre ambas as partes, era notório a insatisfação de Felipão com a direção da Raposa, que há havia apontado descontentamento por parte da direção do clube por promessas não cumpridas.

Confira na íntegra a nota oficial do Cruzeiro 

"O Cruzeiro Esporte Clube e Luiz Felipe Scolari decidiram, em consenso, terminar a segunda passagem do treinador multicampeão pela Raposa.

Colaborando com o Clube em seu momento mais desafiador na história, Scolari e sua comissão técnica cumpriram a importante missão de recuperar o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro da Série B, tendo dirigido a equipe celeste em 21 partidas, somando nove vitórias, oito empates e quatro derrotas.

Considerando as duas passagens, Luiz Felipe Scolari dirigiu o Cruzeiro em 96 partidas, obtendo 49 vitórias, 31 empates e 16 derrotas.

O Cruzeiro agradece e reconhece todo o trabalho, dedicação e profissionalismo de Felipão e seu staff para com o Clube neste momento importante, e deseja toda sorte e felicidade ao técnico campeão do mundo e sua comissão."



 

VAVEL Logo