Umberto Louzer admite partida ruim da Chape, mas confia na conquista do título
Foto: Márcio Cunha/Chapecoense 

A Chapecoense perdeu para o Operário, por 2 a 0, em Ponta Grossa, nesta segunda-feira (25), em partida válida pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe catarinense volta para a segunda colocação e quem reassume a liderança é o América-MG por critérios de saldo de gols. 

O placar foi justificado pelo técnico Umberto Louzer, que analisou o jogo abaixo do esperado e que nesse momento é preciso dar créditos aos atletas que levaram a Chapecoense para a elite do Brasileirão. 

"Quando a gente perde um jogo, vão apontar os defeitos. Isso é natural. Temos que saber absorver as críticas. Hoje, no geral, fizemos uma partida abaixo do que podia apresentar. Erramos nos momentos cruciais. Claro que a temporada é desgastante, não dá pra jogar em alto nível as 38 rodadas. A equipe oscila, mas acreditamos nos jogadores que levaram a Chapecoense à primeira divisão. Temos que dar créditos para estes atletas. Quando tem um momento ruim, não podemos tirar. Temos que dar segurança e confiança a todo o grupo", disse o técnico.

O Verdão do Oeste perdeu a posição de líder do campeonato faltando apenas uma rodada para encerrar a competição. Mas, para Louzer nada está perdido e a Chape irá trabalhar para trazer o título da Série B para Chapecó. 

"Era uma possibilidade de nos aproximarmos do título. Mas não tem nada perdido. Vamos para a última rodada em busca do objetivo. Quando têm a derrota, o questionamento é maior. Vamos continuar trabalhando para dar uma resposta já na sexta-feira e ver se ela vai ser suficiente para nos dar o título", comentou Umberto.

A última e decisiva rodada da Série B do Campeonato Brasileiro será disputado na próxima sexta-feira (29), às 21h30. A Chapecoense irá enfrentar o Confiança, na Arena Condá. O América-MG joga em casa contra o Avaí, que ainda briga pelo acesso.

VAVEL Logo