Luxemburgo valoriza empate com Palmeiras e pede mais confiança dos jogadores
Foto: Reprodução / Vasco TV

O Vasco empatou por 1 a 1 com o Palmeira nesta terça-feira (26), em jogo atrasado da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. Benítez, em uma linda cobrança de falta, marcou o gol vascaíno na partida.

Após o jogo, o treinador Vanderlei Luxemburgo valorizou o ponto conquistado em São Paulo, mas cobrou mais confiança da sua equipe:

“O empate foi um bom resultado, mas acho que nós poderíamos ter saído com a vitória. Queria que os meus jogadores tivessem o sentimento de que dava para conseguir os três pontos, dava pra conseguir o resultado positivo. Acho que faltou confiança, de perceber que o Vasco é muito grande e que pode vencer o Palmeiras fora de casa.”

Apesar de cobrar mais confiança, Luxemburgo elogiou os atletas pela partida realizada:

"Fizemos um bom jogo, o resultado foi bom. Conseguimos neutralizar o Palmeiras na maior parte do tempo e tivemos mais perto da vitória do que eles. O sentimento que fica é de que dava para conseguir mais alguma coisa”

O comandante vascaíno também falou da evolução do time após as derrotas para Coritiba e Bragantino:

"É muito difícil você manter a regularidade jogando 12 jogos seguidos. Mas nós temos que conseguir para manter o Vasco na primeira divisão. E do meu primeiro jogo até hoje, nós evoluímos demais. Temos um time jogando com qualidade, jogadores entrando em campo e correspondendo. Isso é muito gratificante."

Sobre o golaço de Benítez, Luxa foi só elogios:

"Hoje em dia é muito difícil sair gol de falta no futebol brasileiro. Há muito tempo não se via um gol desse. O Benítez é um jogador com muita qualidade e que vem treinando muito esse tipo de lance.”

Vanderlei também falou da opção por Castán no banco de reservas e as alterações no segundo tempo:

"O Castán não é mais nenhum menino. Tivemos um jogo intenso no sábado e teremos outro no próximo domingo. Por isso a opção de preservá-lo. Hoje, nós demos a oportunidade pro Ricardo que foi muito bem. Carlinhos também vem entrando bem nos jogos. Precisando de velocidade, coloquei o Vinicius e o Tenório, para explorar o cansaço deles. A gente vai buscando criar alternativas dentro do elenco. O Gabriel Pec mais uma vez correspondeu, tem entrado muito bem. Mas precisamos ter calma pra não queimarmos jogadores com potencial."

Luxa também falou da queda de produção de Talles Magno:

"Assim como pegaram no pé do Pec, hoje pegam no pé do Talles. Ele caiu de rendimento, falta confiança, mas não podemos queimar jogadores com esse potencial. O Talles não desaprendeu a jogar, algo aconteceu e ele mudou o comportamento. Nós temos que dar confiança para que ele recupere o futebol", finalizou Luxemburgo.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, em São Januário, contra o Bahia, pela 33ª rodada do campeonato Brasileiro. A equipe cruzmaltina está na 14ª colocação, com 36 pontos conquistados.

VAVEL Logo