Heroico! Chapecoense marca nos acréscimos, bate Confiança e conquista título da Série B
Foto: Márcio Cunha/ACF

Campeã estadual, a Chapecoense levantou mais uma taça na temporada 2020 nesta sexta-feira (29), quando ganhou do Confiança por 3 a 1 na Arena Condá e conquistou pela primeira vez a Série B.

A disputa pelo título aconteceu até os minutos finais do jogo, visto que a Chape terminou o campeonato com os mesmos 73 pontos do América-MG, mas levou a melhor no saldo de gols e garantiu a festa em Chapecó.

O dia 29 de janeiro de 2021 ficará marcado na vida de Anselmo Ramon, o herói do jogo na Arena Condá. O atacante abriu o placar aos 4 minutos, deu assistência para Perotti e ainda converteu o pênalti que fechou o placar diante do Confiança. Outro destaque foi o goleiro João Ricardo, que defendeu bolas de Serginho e Ari Moura.

A Chapecoense começou o jogo de a todo vapor e quase abriu 2 a 0 nos primeiros dez minutos. Aos 7, Mike alçou a bola na área, Denner pegou de primeira e acertou o travessão.

O time de Sergipe chegou a empatar no início do segundo tempo em cabeçada de Reis, mas Perotti marcou de carrinho o segundo gol da Chapecoense e na reta final da partida ainda quase ampliou de cobertura, mas como estava impedido o lance foi anulado pela arbitragem.

Matheus Ribeiro e Alan Santos também finalizaram sem sucesso, o Confiança respondeu com Alyson e Ary Moura, mas na primeira o meio-campista chutou pra fora e na outra João Ricardo evitou o empate.

Nos acréscimos, Madson derrubou Bruno Silva dentro da área e o experiente Anderson Daronco assinalou o pênalti. O artilheiro da noite esbanjou categoria ao bater de cavadinha no centro do gol para  sacramentar o triunfo da Chapecoense e marcar o nome da história do primeiro título nacional da história do clube de Santa Catarina.

Ainda deu tempo do árbitro expulsar Denner, da Chapecoense, e Reis, do Confiança, mas após o apito final houve distribuição de medalhas, troféu e até a tradicional chuva de papel picado no centro do gramado.

Glória pintada de verde

Sobrevivente do desastre aéreo de 2016, o capitão e lateral-esquerdo Alan Ruschel ergueu o troféu da Série B.

A campeã Chapecoense encerrou a Série B com 20 vitórias, 13 empates, apenas cinco derrotas e a a defesa menos vazada da competição (21 gols sofridos em 38 rodadas). Além do time catarinense e do América-MG, Cuiabá e Juventude também vão jogar o Brasileirão 2021.

A partir de agora, Umberto Louzer e cia trabalham na preparação para o início do Campeonato Catarinense. A estreia é no dia 24 de fevereiro, fora de casa, diante do Concórdia.

VAVEL Logo