Rodrigo Dourado desabafa após expulsão polêmica de Rodinei: "Querem que o Flamengo ganhe"
Foto: Divulgação / SC Internacional

Capitão do Inter, Rodrigo Dourado desabafou na saída do gramado do Maracanã após vitória do Flamengo por 2 a 1 na penúltima rodada do Brasileirão. A revolta dos colorados se dá por conta da expulsão do lateral-direito Rodinei aos quatro minutos do segundo tempo, comprometendo a atuação gaúcha. Segundo o volante, a CBF quer que o título seja dos cariocas. Isso porque o lance do cartão vermelho dado de forma direta pelo árbitro Klaus é discutível e passível de interpretações diferentes.

"Quando aconteceu o lance, ninguém reclamou. O Filipe Luís mesmo disse que foi sem querer, que o Rodinei escorregou e pegou. O Diego, capitão deles, disse que era para amarelo. Estragou o jogo para nós. Não sei se a CBF queria eles campeões. A gente poderia ser campeão hoje e nem trouxeram o troféu para cá. Eu acho que eles querem o Flamengo ganhe", afirmou.

Rodinei foi expulso quando o jogo estava empatado em 1 a 1. Depois do lance, o Flamengo conseguiu a virada com gol de Gabigol. Depois daí, ficou difícil para o Inter equilibrar novamente o confronto decisivo.

"Era um jogo decisivo e é difícil falar. Eu tenho certeza que o juiz errou. Não precisava expulsar e estragou o espetáculo. É triste. Era uma decisão para nós e o Flamengo é um bom time, poderia ganhar o jogo normal, não precisava disso para vencer", disse.

O Flamengo assume a liderança do Brasileirão com 71 pontos e depende de uma vitória para ser campeão na última rodada, contra o São Paulo, no Morumbi. Enquanto isso, o Inter tem 69 pontos e agora precisa bater o Corinthians e contar com tropeço dos flamenguistas.

VAVEL Logo