Corinthians sofre, mas bate Ponte Preta de virada e conquista primeira vitória no Paulistão
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A primeira vitória do Corinthians no Campeonato Paulista saiu neste domingo (7), com enredo semelhante ao que o torcedor alvinegro conhece, na base da superação. Desfacelado por surto de Covid-19, o time saiu perdendo, terminou o jogo com um a menos mas mesmo assim venceu a Ponte Preta por 2 a 1 na Neo Química Arena.

Sem 14 jogadores afastados em virtude no novo coronavírus, o Corinthians entrou em campo com novidades no time. Mancini improvisou o zagueiro João Victor na lateral e formou um ataque com Luan e Antony. Rodrigo Varanda e Mateus Vital foram mantidos, mas os experientes Cazares, Otero e Jô ficaram no banco.

No início do jogo os times encontraram dificuldades para penetrar nas defesas adversárias, então Apodi e Mateus Vital arriscaram, sem sucesso, chutes de fora da área.

Ainda no primeiro tempo, a Ponte Preta fez a primeira substituição trocando um atacante pelo outro (João Veras no lugar de Paulo Sérgio). Em menos de cinco minutos o jovem de 20 anos levou a melhor sobre a dupla de zaga do Corinthians e abriu o placar.

Aos 30 minutos, Ruan Renato cobrou falta em direção ao campo de ataque e a bola chegou até Veras, que ganhou a disputa pelo alto com Jemerson e avançou pela ponta esquerda. Como Gil apenas cercou, ele bateu no canto de Matheus Donelli.

O Corinthians empatou ainda no primeiro tempo, após uma triangulação no bico da grande área que terminou com chute forte de Mateus Vital sem chances para Luan.

Depois do intervalo a chuva apertou e a estratégia de Mancini foi apostar na bola parada de Otero e na experiência de Jô. O venezuelano levou perigo em cobrança de falta que deu trabalho a Luan e ainda tocou na trave, e depois ao tentar um gol olímpico que a defesa tirou. 

Melhor em campo, Vital quase ampliou em jogada individual, mas Luan pegou. Mais tarde, o meio-campista foi derrubado dentro da área e então foi para a marca da cal. Ele bateu no canto direito de Luan, que pegou mas deu rebote, e então o camisa 77 empurrou para o fundo da rede.

O drama do Corinthians ainda teve um capítulo extra com a expulsão de Cantillo aos 39 minutos e com chute na trave de Moisés aos 43, mas a equipe do Parque São Jorge conseguiu administrar o resultado até o apito final.

Classificação e próximos jogos

Com cinco pontos, o Corinthians subiu para a liderança do grupo A, mas o time pode ser ultrapassado pelo Santo André, que tem quatro e nesta segunda-feira (8) recebe o São Caetano no Canindé.

Como o Corinthians volta a campo apenas no domingo (14), e o técnico Vagner Mancini aguarda pela recuperação dos jogadores infectados para saber quem estará à disposição para ir ao ABC encarar o São Caetano.

O lanterna da chave do Corinthians é o Botafogo-SP, que na quarta rodada enfrenta a Ponte Preta em Ribeirão Preto. Ainda sem vencer no Paulistão, a Macaca  está em terceiro lugar no grupo B, que tem o São Paulo na ponta.

VAVEL Logo