Cuca é apresentado, se diz feliz com retorno ao
Atlético-MG e promete luta na busca por títulos: “Máxima vontade”
Cuca é apresentado na Arena MRV (Foto: Pedro Souza/Atlético-MG)

Cuca foi oficialmente apresentado como novo treinador do Atlético-MG, na Arena MRV, na tarde desta terça-feira (16). O evento de apresentação do treinador, que assinou por duas temporadas, contou com o discurso e participação do presidente Sérgio Coelho, do diretor executivo Rodrigo Caetano e do gerente de futebol, Victor Bagy.

Alexi Stival foi anunciado pelo Galo no dia 5 de março, mas não desembarcou anteriormente em Belo Horizonte/MG, pois estava monitorando de perto a situação da mãe, Neide Stival, que luta contra a Covid-19.

Fico muito feliz em poder voltar. Lógico, não é momento que eu queria estar vivendo hoje, por minha mãe estar numa situação muito delicada de saúde. Mesmo assim, me prontifiquei a vir trabalhar. Continuo acompanhando-a, a evolução de saúde e que ela possa estar conosco no futuro comigo, e com minha família”, disse o novo técnico.

Cuca retorna à Minas Gerais após cerca de sete anos. Ele não escondeu a alegria por voltar a dirigir o Atlético-MG, clube do qual ele conquistou uma Libertadores, e que tem feito altos investimentos no futebol para a atual temporada.

Era uma grande vontade que tinha, de voltar a trabalhar no Galo. Sei o tamanho da responsabilidade que tenho aqui, assim como eu sabia quando eu vim em 2011. Aquele ano - 2011 – foi de recuperação, tivemos um 2012 muito bom e um brilhante 2013. Tenho muita confiança. Hoje, as condições são até melhores do que eram naqueles anos, e formar um ambiente favorável é o que eu busco. Mostrar a cada jogador pelo o que ele luta, o que ele luta, com quem e por situações no time, mostrar a importância de vestir a camisa e buscar conquistas. Não sei qual competição vamos buscar, qual sairemos campeões, mas eu tenho vontade de disputar todas elas com a máxima vontade para sair campeão”, afirmou o técnico.

Elenco

Perguntado sobre o elenco, Cuca deu indícios que o clube não tem pressa de trazer novos jogadores, e que dará um tempo para que o plantel atual possa mostrar “valor” nos treinos e jogos.

A gente aprende todo dia no futebol. Quando passei aqui em 2011/12/13, fizemos uma remontagem quase geral, trocando 19 jogadores, e conseguimos êxito logo no primeiro ano, sendo vice-campeão brasileiro e campeão mineiro invicto. No Santos, não pude contratar e aprendi que as vezes temos em casa o que procuramos fora. Nada melhor do que o tempo de treinamento e alguns jogos, para entender o que temos. Precisamos deixar os jogadores mostrarem o potencial e, a partir daí, ver se tem necessidade de alguma contratação ou não”, explicou o treinador de 57 anos.

Cuca ainda foi perguntando sobre o caso de estupro na Europa, mas o treinador não entrou muito em detalhes, informando que o que tinha que ser respondido já foi esclarecido, e que trata o caso como “superado”.

Agenda do Atlético-MG

Com todo o estado na onda roxa a partir desta quarta-feira (17), por determinação do governador Romeu Zema, será aplicado o toque de recolher de 20h às 5h, que restringe a circulação de pessoas em espaços públicos, deixando somente os serviços essenciais.

Com isso, o horário da estreia de Cuca pelo Galo, no jogo contra o Coimbra na sexta-feira (19), pelo Campeonato Mineiro, teve o horário alterado das 21h30 para às 17h30.

Já na próxima segunda-feira (22), toda a agenda esportiva no Estado deverá ser paralisada.

VAVEL Logo