Bahia e Altos vencem no Nordestão; Ceará e Fortaleza ficam no empate
Foto: Kely Pereira / AGIF

A tarde de clássicos da Copa do Nordeste foi intensa. No primeiro jogo deste sábado (20), pela 4ª rodada, o Altos venceu o 4 de Julho por 2 a 0, no estádio Albertão, em Teresina. Na Arena Castelão, Ceará e Fortaleza empataram em 0 a 0 no primeiro Clássico-Rei da temporada. Já em Salvador, o Bahia goleou o Sport por 4 a 0 em partida inspirada dos atacantes no estádio de Pituaçu.

Com os resultados, o  Esquadrão assumiu a liderança do Grupo A, com sete pontos. O Vozão, após o empate, chegou aos seis pontos e caiu para a segunda posição do grupo, que ainda conta com o 4 de Julho-PI na quarta posição, com cinco pontos. No Grupo B,  o Sport segue na lanterna com dois pontos e ainda sem vencer, enquanto o Leão do Pici está na liderança, com oito. Vencedor do clássico piauiense, o Altos subiu para a segunda colocação, com sete pontos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

4 de Julho 0 x 2 Altos

No estádio Albertão, 4 de Julho e Altos promoveram um clássico inédito pela Copa do Nordeste. Os donos da casa começaram pressionando os visitantes em busca do gol. Logo no primeiro minuto, em cobrança de falta, Ted Love tentou acertar o ângulo do goleiro Marcelo. Dois minutos depois, o camisa 10 ainda colocou Hiltinho na área para fazer o primeiro gol, mas a marcação do Altos interceptou. Passada a pressão inicial do Colorado, o jogo ficou mais equilibrado. Os visitantes assustaram aos 37, quando Klenisson recebeu bom passe na área. O atacante dominou, chutou e a bola passou perto do gol do 4 de Julho.

A segunda etapa começou com o time colorado se lançando ao ataque com Ted Love e Diguinho. Após pressão inicial, o Jacaré acordou, aos oito, com Betinho. O camisa 19 tentou de cabeça e em chute rasteiro, mas a zaga afastou duas vezes. O gol do Altos aconteceu aos 16 com participação de Betinho. O atacante deu assistência para Manoel bater de fora da área e fazer um golaço. Depois de servir, Betinho balançou as redes aos 24. Manoel retribuiu a assistência e ajeitou a bola para o jogador mandar para o fundo das redes. O 4 de Julho tentou diminuir o placar com jogadas de Ted Love, Hiltinho e Rômulo, todas defendidas pelo goleiro Marcelo. 

Ceará 0 x 0 Fortaleza

No primeiro Clássico-Rei da temporada, Ceará e Fortaleza ficaram no 0 a 0. A primeira etapa começou intensa com as duas equipes buscando o gol. No primeiro ataque do jogo, aos dois minutos, Wellington Paulista foi alçado na área, mas não alcançou a bola. No lance seguinte, o Vozão respondeu em contra-ataque com Mendonza, que arrancou em velocidade, venceu a marcação e chutou para boa defesa do goleiro. Depois do ritmo intenso nos primeiros minutos, as duas equipes desaceleraram em campo. O Tricolor do Pici controlou a posse de bola e, aos 43, perdeu boa chance com David. A bola sobrou para o atacante na esquerda, mas ele demorou para finalizar e a zaga do Alvinegro afastou o perigo.

No segundo tempo, o Vovô voltou melhor e criou a primeira chance de gol em cobrança de escanteio de Vina. Klaus finalizou e Robson tirou em cima da linha. O Alvinegro seguiu pressionando o Leão e em uma ronda, aos dez, quase abriu o placar. Em outro escanteio cobrado por Vina, a bola sobrou com Bruno Pacheco, que chutou para boa defesa de Felipe Alves. No rebote, o atacante Robson, do Fortaleza, tentou afastar e mandou na trave. No complemento, Klaus chutou e Felipe Alves defendeu outra vez. Criando as melhores chances do segundo tempo, principalmente em escanteios, o Ceará perdeu a oportunidade de vencer o Clássico-Rei aos 40. Yony González aproveitou a sobra da cobrança de Jorginho e chutou por cima do gol do Tricolor. 

Bahia 4 x 0 Sport

Em Salvador, o Bahia foi mais agressivo do início ao fim e goleou o Sport. Na primeira etapa, o Esquadrão de Aço criou boas oportunidades com Rodriguinho, que assustou o goleiro Carlos Eduardo com chutes fortes. Aos 21 minutos, o Tricolor iniciou uma ronda na defesa do Rubro-Negro com chutes de fora da área, e Patrick de Lucca acertou a trave do Leão Pernambucano. O visitante respondeu em um contra-ataque de Ewerthon, aos 26, que chutou por cima do gol de Douglas.

Ligado no jogo, o Bahia abriu o placar, aos 27, com um golaço de Patrick de Lucca. O volante, que acertou a trave minutos antes, tentou de novo de fora da área. A bola ainda tocou no travessão antes de ir para o fundo das redes do Sport. O Esquadrão quase ampliou com Edson, aos 39, e Gilberto, aos 41. O Leão ofereceu perigo ao Tricolor, aos 45, com a forte cabeçada de Mikael, que exigiu defesa em dois tempos do goleiro Douglas. Sem diminuir a intensidade do seu jogo, o Bahia encontrou o segundo gol com Gabriel Novais, aos 49. O atacante aproveitou um rebote na área após chute de Gilberto e balançou as redes.

No segundo tempo, os donos da casa deixaram o placar mais elástico. Rodriguinho, que criou boas chances na primeira etapa, fez o terceiro gol do Tricolor de Aço, aos 17, após receber belo lançamento de Gilberto na entrada da área. O atacante chutou forte e sem chance de defesa para Carlos Eduardo. Já aos 33, o atacante Gabriel Novaes fez seu segundo gol na partida ao aproveitar um rebote de primeira e dar números finais ao duelo: 4 a 0 para o Bahia.

 

VAVEL Logo