Marcelo Chamusca alega que arbitragem ‘influenciou no resultado’ em derrota para o Flamengo
Foto: Vitor Silva/Botafogo

Na noite da última quarta-feira (24), o Botafogo recebeu o Flamengo, no Engenhão, pela 5ª rodada da Taça Guanabara. Os visitantes saíram com os três pontos, vencendo por 2 a 0, com gols marcados por Rodrigo Muniz e Hugo Moura.

Após a partida, o técnico Marcelo Chamusca, da Estrela Solitária, concedeu entrevista à imprensa e afirmou enxergar melhora da equipe na segunda etapa e criticou a atuação da arbitragem. 

No segundo tempo melhoramos muito com a entrada do Ronald e do Felipe Ferreira. Conseguimos equilibrar o jogo e criar duas possibilidades bem claras. Aí entra um lance que foi capital para a definição do jogo. Um cruzamento do lado esquerdo que o Babi recebe, gira, o Renê em momento nenhum toca na bola, derruba o Babi dentro da área e o pênalti não foi marcado. Na sequência da jogada o Kanu foi expulso. Fomos muito prejudicados nesse momento. O Flamengo foi superior ao Botafogo em boa parte do jogo, mas o árbitro influenciou no resultado. Teríamos um pênalti para cobrar e poderia mudar a história do jogo. O segundo gol, se forem analisar, o árbitro atrapalha o nosso jogador de interceptar, passando na frente do nosso jogador” - disse o treinador.

Com a derrota, o Botafogo, que vinha de três empates e uma vitória, permanece na sétima colocação, com seis pontos somados. 

Por outro lado, o Flamengo, que soma a quarta vitória em cinco jogos, permanece na liderança da Taça Guanabara. 

VAVEL Logo