#EntrevistaVAVEL: Goleiro da Ponte, Ivan fala sobre expectativa de retorno aos gramados e motivações
Foto: Álvaro Jr/PontePress

No auge de sua titularidade na Ponte Preta e na Seleção Brasileira Olímpica (Sub-23), o goleiro Ivan Quaresma sofreu uma grave lesão no punho direito, sendo submetido a cirurgia em novembro do ano de 2020. 

Em reta final de recuperação, Ivan vive a expectativa de retornar aos gramados e ajudar seus companheiros na nova temporada. Em entrevista exclusiva à VAVEL Brasil, o jogador falou sobre os erros cometidos pela equipe na última temporada, que não conseguiu o acesso à Série A, sobre suas motivações no delicado momento da lesão, e seus objetivos pessoais. 

VAVEL: Apesar de estar lesionado na reta final da competição, o que você acha que fica de aprendizado ao time da última Série B e o que fazer de diferente para conquistar o acesso essa temporada?

Ivan: "Acho que o maior aprendizado que fica da última Série B é regularidade, a gente manter bons jogos. Lembro que começamos muito bem, mas no meio do campeonato oscilamos bastante, até a reta final, e isso foi primordial para a gente não ter conseguido o objetivo, que era ficar entre os quatro primeiros e subir para a Série A. Então eu acho que a falta de regularidade, você manter bons jogos, foi o grande causador da gente não subir. A lição que fica pra nós, para esse ano, é manter bons jogos. Claro que tem jogos que são muito difíceis, porém tentar pontuar em todos os jogos, principalmente jogo em casa. Então uma das lições é essa: regularidade".
 

VAVEL: Gostaria de saber como está seu processo de recuperação e expectativa de voltar a jogar. Sabemos que ficar lesionado, ainda mais para um goleiro, é sempre um momento complicado psicologicamente. O que te mantém motivado?

Ivan: "Quando eu soube da lesão, foi algo bastante difícil para mim. Nunca tinha tido uma lesão desse nível, a ponto de fazer uma cirurgia. Ainda mais para o goleiro, que tem que estar sempre treinando, sempre dando seu máximo, porque a gente sabe que é uma posição difícil. Então foi um momento que eu fiquei bastante triste, a gente fica, mas eu nunca deixei de trabalhar. Teve um momento que, assim que fiz a cirurgia, acabei ficando dois meses parado, sem nenhuma atividade física pois estava com o gesso no braço e não podia movimentar. Mas assim que tirei o gesso já retornei normalmente às atividades físicas, e agora estou na reta final da minha recuperação, já fazendo alguns treinos com bola. Isso está sendo ótimo".

"O que tem motivado é família, é Deus em primeiro lugar, então o que eu procuro fazer é me dedicar sempre. A gente sabe que a vida da gente sempre vai ser assim, de altos e baixos, e a gente não pode achar que é o melhor quando nos saímos bem, desfrutamos bem do nosso trabalho, e nem achar que tudo se arruinou quando alguma coisa não vai bem, então sempre tento manter o equilíbrio dessa parte, sempre fui um cara muito positivo, e dessa vez não foi diferente. Então graças a Deus estou na reta final da recuperação para estar correndo atrás, primeiramente dos objetivos do clube na temporada, e ,consequentemente, dos meus objetivos particulares".

VAVEL: Quais suas metas pessoais para esta temporada atuando pela Ponte?

Ivan: "Primeiramente retornar, estar 100% recuperado. Estou na minha reta final da recuperação, então o maior objetivo é voltar. Se Deus quiser, ainda na reta final desse Campeonato Paulista, com a Ponte Preta classificando para as oitavas, quartas, semis, quem saber ir à final... estou fazendo de tudo, me preparando para isso, para estar pronto e, quando for liberado pelo departamento médico da Ponte, estar 100% para fazer o meu melhor".

"Quem sabe conquistarmos algo grande nessa temporada, acho que nos últimos anos a Ponte vem batendo na trave em questão de títulos e acessos. É um time muito grande, de muita tradição, que tem uma história muito linda, e merece ser coroada com uma grande coisa. Eu vou fazer meu melhor, tenho certeza que meus companheiros também, para conquistar o tão sonhado acesso, que é o lugar onde a Ponte Preta nunca deveria ter saído, lá é o lugar dela. A gente vai fazer o melhor pra conquistar esse objetivo e quem sabe até levantar algum caneco, algum título importante para nós".

VAVEL Logo